11
nov
2008
Ansiedade a vilã do Mundo Moderno


                     

Ansiedade é o mal do século. Você vive no presente , se preocupando com as coisas que ainda vão acontecer lá no futuro.  Ansiedade não é doença. Ela faz parte do nosso sistema de defesa e está projetada em quase todos os animais vertebrados . Dá para conviver com a ansiedade pacificamente, e é isso que vai fazer a diferença na hora de reconhecer que nem tudo precisa ser motivo de preocupação o tempo todo. Todos os tipos de ansiedade podem ser tratados com remédios ou terapia. Saber lidar com as preocupações se tornou uma característia desejada, porque a ansiedade foi relegada ao posto de vilã do mundo moderno. Apesar de ser essencial para a  sobrevivência, ela ganhou o estigma de atrapalhar as relações pessoais, a competência no trabalho e todo o tipo de relação delicada. Nesse mundo turbulento, cheio de competitividade a ansiedade têm crescido a cada dia, causando muito males.

**Cada época tem seus motivos de preocupação. Veja o que mais incomodou o homens ao longo dos tempos.

  Predadores– Na Pré-História, truque  ou situação para se livrar  de predadores eram bem-vindos . Foi nessa época que a ansiedade definia quem iria sobreviver e quem não. Os mais preocupados fugiam rápido, os distraídos viravam presa fácil.

       Religião  – Antes do Iluminismo, era comum acreditar que qualquer deslize de comportamento poderia determinar se a pessoa ia para o céu ou para o inferno depois de morrer.Imagine a ansiedade      de quem achava que havia alguém o vigiando o tempo todo?

Doenças  – Até a descoberta dos antibióticos, uma pneumonia  ou uma diarréia podiam matar um homem adulto a qualquer instante. Toda gripe boba era motivo de preocupação constante, porque  era difícil de prever se ela seria fatal ou não.

       –Emprego – Desde a Revolução Industrial, ter um emprego significa ter recursos para sobreviver.Hoje em dia . além de pagar as contas , o funcionário quer qualidade de vida, ser reconhecido e estar realizado no trabalho. Assim, fica difícil não se preocupar.

       Amor -Achar um parceiro compreensível e apaixonado é motivode ansiedade para muita gente. Na hora de arranjar um companheiro ou manter um relacionamento legal, muita gente perde boas noites de sono de preocupação.

          Sucesso -Quando somos bombardeados com histórias de pessoas lindas e bem -sucedidas nas novelas ou capas de revistas, é inevitável não nos compararmos com elas. Aí fica a dúvida: Por que todo mundo não é tão vitorioso?

       Informação A internet e a TV são um prato cheio para causar ansiedade. Há tanta coisa acontecendo ao redor do mundo que fica difícil acompanhar todas as notícias.

A ansiedade diminui quando há o enfrentamento direto do problema. Ou seja se a  dificuldade estiver lá no futuro, distante, a inquietação não vai passar. Infelizmente não há uma forma mágica para diminuir a ansiedade , mas o mecanismo é meio parecido com o do pensamento positivo. Pensar que as coisas vão dar certo diminui o pensamento catastrófico e, assim a ansiedade. Se os problemas continuarem afligindo, faça como em algumas cidades dos EUA, elas instituíram o dia 9 de março o Dia do Pânico. Nessa data vale tudo: gritar, espernear, surtar, botar pra fora todas as ansiedades.

**Quer saber mais???

**Ansiedade e Informação- Richard Saul Wurman, Editora de Cultura- 2005. 

**Desejo de status

Alain de botton, Rocco-2005.

Fonte: Super Interessante- nov/2008.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





gravatar
Sonia
novembro 11th, 2008 às 17:28

1

:woohoo: :whoa: :o): ;-) Nós vivemos ansiosos, pois queremos sempre o melhor.Queremos qualidade de vida, bom emprego, vida tranquila para nós e nossos filhos.Isso gera uma certa ansiedade.

Responder

gravatar
novembro 11th, 2008 às 19:10

2

:P: ,Oi que beleza seu espaço, onde a informação boa se faz…A ansiedade será a doença vindoura, como o Mundo anda, e melhoras não se avisinham…

Beijito terno,

Aqui em poesia

À Flor da pele

Responder

gravatar
novembro 12th, 2008 às 10:32

3

“Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” Mateus 6:34

Responder

gravatar
novembro 12th, 2008 às 10:54

4

Eu sou muito ansiosa! Mas como cristã, deveria pensar como o versículo deixado acima:

“Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” Mateus 6:34

Beijinhos ;)

Responder

gravatar
novembro 12th, 2008 às 16:00

5

Além de todos os comentários abaixo, acredito que o grande problema da ansiedade é o fato da preocupação alheia. O que acaba gerando uma certa inveja e rivalidade entre as pessoas. A ansiedade cresce, e se a pessoa não alcança seu objetivo, se frustra ainda mais.
Já li o livro Desejo de Status, de Alain de Botton, onde é citada a falta de amor como a definição para toda esta ansiedade e depressão tão comumente observadas nos dias de hoje.
E aí entra a máxima “ame-se para ser amado”…
Bjôooooo

Responder




[starr] [star] [ss] [sjg] [sapo] [roda] [pula] [pu] [pig] [pais] [ooO] [oh] [oO] [o08] [nho] [meda] [make] [lua] [love u] [lip] [kiss] [ilo] [heartt] [heart] [hap] [godi] [fro] [fant] [eat] [domuu] [domo] [dance] [cupc] [cup] [cooo] [cool] [com] [clap] [cav] [cake] [brilha] [bowww] [blis] [be] [bd] [bad] [assob] [arranca] [anima] [angel] [_)] [^^] [HAHA] [=Ps] [=M] [=)] [:S] [:D:D] [::(] [!] [!!!] (: