5
abr
2009
Não é para rir, é para refletir


A saúde não só no Rio, mas  no Brasil todo, é uma vergonha!!!  Falta tudo, desde o médico até ao esparadrapo. É assim mesmo, os médicos devem ficar doidos, não sabem a quem atender em primeira mão, são tantos casos sérios e graves , que infelizmente muita gente paga com a própria vida, por não possuírem um bom Plano de Saúde, que cá para nós, são caríssimos. Quando tive uma crise de vesícula, e, nessa época eu ainda não tinha Plano,  fui parar no Hospital  Geral de Bonsucesso, quase morrí, vi tantas mazelas, tanta desgraça , que minha vontade era sair dalí correndo.

Se a própria bala está perdida, imagine nós,  pobres mortais indefesos, como nos sentimos diante  dessa guerra?  Falta saúde, Educação e também segurança. Amamos o Rio, mas viver aqui têm que ser herói, precisa de malabarismo.  A cada dia de trabalho, nas idas e vindas, devemos agradecer à Deus por todos os livramentos que Ele nos dá. Saberíamos que teríams dias difíceis, e eles estão aí. Minhas amigas que estão se aposentando, estão indo para lugares mais calmos: Rio das Ostras, Friburgo, Miguel Pereira, Petrópolis, Resende, Iguaba Grande,   etc…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





gravatar
abril 5th, 2009 às 7:04

1

Linda Amiga:
Um post real, feito com preocupação perante o injusto, indevido e óbvio.
Nunca visitei o Rio, mas pressinto que o mal sentido é pessoal, social e humano que são visíveis e evidentes nas suas palavras.
A sua atitude é muito significativa e valiosa.
Parabéns sinceros.
Jamais a esqueci e tinha presente em mim a sua adorável pessoal de gigante sentir, ser e estar. A saudade era imensa.
Onde pára a doce pessoa que me fazia sorrir…??? De carinho, ternura e pureza…
OBRIGADO pelo carinho.
Votos de bem-estar e harmonia junto dos seus.
Beijinhos amigos de respeito imenso.

p.p./Pena

Bem-Haja!

Responder

gravatar
abril 5th, 2009 às 12:37

2

Essa situação esta geral, Sônia.
Já viu as noticias de Belem?
Depois de estudar por 6 anos e mais a especialização, nenhum médico quer ganhar os salários que lhe são oferecidos pela rede pública. Trabalhar na periferia “onde Judas perdeu a vida porque as botas não eram de marca”. E, principalmente, sendo ameaçados por pacientes, justiceiros, policiais e “foras da lei”.

Tenho uma sugestão: incluir no curso de medicina ESTRATÉGIAS DE GUERRA.
Assim aprenderiam a conviver com a realidade das nossas cidades.

Isso me fez lembrar da advertencia que nos faz o Senhor em sua palavra: o justo viverá da fé.

beijos

Responder

gravatar
abril 7th, 2009 às 20:23

3

Prezada Amiga, peço-lhe desculpa, mas na cidade de S.Paulo não existe este kaos.Não só eu mas muitas pessoas são atendidas com educação e prestesa e com galhardia na Santa Casa de São Paulo. Quem viver verá.

Responder

gravatar
abril 8th, 2009 às 13:04

4

Opa, Sônia, desculpe o sumiço. Meu filho apareceu com uma alergia , ficou toto empipocado!

beijos e obrigada pelo carinho

Responder




[starr] [star] [ss] [sjg] [sapo] [roda] [pula] [pu] [pig] [pais] [ooO] [oh] [oO] [o08] [nho] [meda] [make] [lua] [love u] [lip] [kiss] [ilo] [heartt] [heart] [hap] [godi] [fro] [fant] [eat] [domuu] [domo] [dance] [cupc] [cup] [cooo] [cool] [com] [clap] [cav] [cake] [brilha] [bowww] [blis] [be] [bd] [bad] [assob] [arranca] [anima] [angel] [_)] [^^] [HAHA] [=Ps] [=M] [=)] [:S] [:D:D] [::(] [!] [!!!] (: