21
jun
2009
Foi comprovado: O amor é cego mesmo!


Foi comprovado: O amor é cego mesmo!

Amor desativa o senso crítico do cérebro

Dito popular antecede a Ciência quando diz que o sentimento é cego

O ditado popular o amor é cego é defendido com unhas e dentes quando o assunto é relacionamento. No entanto, estudos recentes comprovam que essa idéia vai muito além de um ditado popular. É o que explica o neurologista André Palmini, da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), quando o assunto é o efeito do amor no cérebro. Quando a pessoa está apaixonada por alguém, seu cérebro desativa estruturas responsáveis pelo julgamento crítico e por nos manter alerta contra ameaças do ambiente , explica o especialista.

Os estudos ainda confirmam que os mecanismos cerebrais que identificam as atitudes dos outros de forma crítica são desativados. Dessa forma o apaixonado dificilmente consegue ver os defeitos e desconfiar da pessoa amada , afirma o neurologista.

Hoje em dia, a Ciência dedica-se a entender o que motiva a mudança nas sinapses neuronais com o passar do tempo e o avanço da relação. Com a consolidação do sentimento, a pessoa passa a ver a outra pessoa amada de maneira muito parecida com a que vê as outras pessoas. O grande segredo da neurociência é porque as pessoas continuam juntas, mesmo com as mudanças no comportamento cerebral , afirma o especialista.

Fotos de René Magritte, um pintor surrealista e filósofo.

Uma de suas obras mais conhececidas está ‘The Lovers’ de 1928.

* Esse maravilhoso post foi escrito por minha amiga DU do lindo Blog A Moça do Sonho. Visitem e vejam que essa moça é super criativa, seu blog é recheado de boas leituras e um colírio para nossos olhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





gravatar
junho 21st, 2009 às 19:17

1

Sonia querida, obrigada por compartilhar, ficou muito bom!

Enviei o e-mail pra você, mas sou péssima nestas explicações à distância, não sei se vou conseguir te ajudar! rsrsrsrs

Beijão! :smack:

Responder

gravatar
junho 22nd, 2009 às 16:27

2

Eh! o amor é cego mesmo!!! Já li vários artigos sobre este assunto, porém os especialistas se divergem. Vou deixando aqui uma opinião minha:
Quando amamos perdemos um pouco daquilo que se chama amor próprio, perdemos um pouco do self, e perdoamos muito mais os erros do outro.A gente até sabe que o outro está errando, mas não queremos admitir.
Porém já fiz uma observação, que as paixões muitas vezes quando são desencadeadas a ponto do outro ficar cego, o individuo tem uma carencia profunda derelação de afeto. Ai ele não vê no outro defeito, enquanto a paixão durar, ele acaba sofrendo muito. Porém quando o individuo tem um relação de afeto familiar equilibrada, ele já trabalha melhor essa paixão.
Ele nunca fica feliz quando alguem fala do seu amado, porque no momento ele está precisando disso para ser feliz e ao mesmo tempo ser infeliz.

Responder

gravatar
junho 25th, 2009 às 20:58

3

Esta aí a explicação para o conselho dado por Jesus: “amaívos uns aos outros…..” pois se fizermos isso pararemos de ver e fazer o mal.
Só veremos coisas boas no outro.

um beijo

Responder




[starr] [star] [ss] [sjg] [sapo] [roda] [pula] [pu] [pig] [pais] [ooO] [oh] [oO] [o08] [nho] [meda] [make] [lua] [love u] [lip] [kiss] [ilo] [heartt] [heart] [hap] [godi] [fro] [fant] [eat] [domuu] [domo] [dance] [cupc] [cup] [cooo] [cool] [com] [clap] [cav] [cake] [brilha] [bowww] [blis] [be] [bd] [bad] [assob] [arranca] [anima] [angel] [_)] [^^] [HAHA] [=Ps] [=M] [=)] [:S] [:D:D] [::(] [!] [!!!] (: