28
fev
2013
Bíblia, entretenimento e novidades
Categorias: Cinema, Filme, informação


 photo noah-noah-277175536.jpg

.

Previsto para estrear em março de 2014, o novo longa-metragem de Darren Aronofsky, inspirado na história de Noé, com Russel Crowe (foto) como o construtor da arca, será o primeiro de uma nova onda de filmes bíblicos programados por Hollywood para os próximos anos.
A mídia especializada fala em dois novos longas sobre Moisés, um dirigido por Steven Spielberg, outro por Ridley Scott, além de projetos para uma produção sobre Pilatos, com Brad Pitt, e uma sobre Caim, que marcaria a estreia de Will Smith como diretor.
A Paramount está investindo US$ 125 milhões em sua “Arca de Noé”, um orçamento de grande produção. O último filme bíblico de peso saído de Hollywood foi “A Paixão de Cristo” (2004), dirigido por Mel Gibson, que rendeu mais de US$ 600 milhões em todo o mundo.
O livro sagrado tem inspirado filmes desde sempre, mas um período, em especial, é sempre lembrado. Os chamados “épicos bíblicos” sob a produção de Cecil B. DeMille, nos anos 1950, tornaram-se uma referência no gênero.
Segundo o “The Hollywood Reporter”, “Os Dez Mandamentos” (1956), com Charlton Heston, rendeu US$ 65 milhões nos EUA, o equivalente hoje a cerca de US$ 1 bilhão.
Pode soar um pouco rude, mas o interesse de Hollywood pelo assunto não difere muito do que tem por outros temas “da moda”. A Bíblia é uma fonte excelente para boas histórias dramáticas, com muita ação, intrigas, romance e, cada vez mais, efeitos especiais de impacto.
O insucesso nas bilheterias de “A Última Tentação de Cristo” (1988), de Martin Scorsese, ensina que, em matéria de filme bíblico, releituras não conservadoras devem ser evitadas pelo bem do negócio.
A indústria cinematográfica brasileira nunca deu muita bola para o filão, o que não deve ter passado despercebido para a Record, que tem feito importantes investimentos na produção de minisséries bíblicas.

 

É curioso observar que, a despeito dos progressos técnicos, a audiência das minisséries bíblicas da Record tem se mantido estável, num ótimo patamar para a emissora, em torno de 10, 11 pontos no Ibope, com reflexos muito positivos no faturamento com publicidade.
O fato de a Record ser de propriedade do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal, acrescenta um elemento à análise. Não é possível deixar de pensar que o projeto da emissora contempla, além do entretenimento, uma função de caráter religioso. O uso do jornalismo da emissora para defender interesses da igreja, visto algumas vezes, dá motivos para que se pense isso.

Fonte: Folha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





gravatar
fevereiro 28th, 2013 às 21:28

1

Interessante , vamos aguardar

Responder

Sonia Regly Respondeu:

@ismaelita, [dance] [HAHA] [=)] [bowww] [oh] Ismaelita, obrigada por vir até aqui,me honrando assim, com sua visita. O importante é que, a Palavra tem sido pregada ,de um jeito ou de outro. Ninguém poderá no dia do juízo dizer:

” Nunca me falaram de CRISTO!!! “

Responder

gravatar
Elisa Cunha
março 1st, 2013 às 14:45

2

Paz Sonia!
Faz tempo que não vejo um bom filme…vamos esperar pra ver se vão seguir o que diz na Bíblia ou vai ser apenas mais um cheio de efeitos exagerados.
[be]

Responder

sonia Respondeu:

@Elisa Cunha, [pais] [clap] [roda] [kiss] Elisa,

De fato, só podemos aguardar, para vermos se será fiel a história bíblica ou apenas um show de efeitos especiais. Obrigada por me honrar com sua visitinha. [^^] [pais]

Responder




[starr] [star] [ss] [sjg] [sapo] [roda] [pula] [pu] [pig] [pais] [ooO] [oh] [oO] [o08] [nho] [meda] [make] [lua] [love u] [lip] [kiss] [ilo] [heartt] [heart] [hap] [godi] [fro] [fant] [eat] [domuu] [domo] [dance] [cupc] [cup] [cooo] [cool] [com] [clap] [cav] [cake] [brilha] [bowww] [blis] [be] [bd] [bad] [assob] [arranca] [anima] [angel] [_)] [^^] [HAHA] [=Ps] [=M] [=)] [:S] [:D:D] [::(] [!] [!!!] (: