8
jun
2009
Faz um Milagre em Mim


Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e
abrir-se-vos-á.
— Mateus 7:7

Deus quer que nós busquemos as bênçãos dele. Não porque ele
quer nos manipular, mas porque ele anseia nos abençoar e para que
saibamos que os dons nas nossas vidas vêm dEle. Então, vamos
buscar Sua presença , Sua graça e Sua bênção . Ele quer entrar na sua casa, mudar tudo que está de pernas para o ar, quer consertar tudo, quer te dar a paz tão sonhada. Basta somente se entregar, abrir o coração pra Ele fazer morada, então você verá que tudo será uma bênção. Pensando nisso escolhi essa música linda de Régis Danese, fala-nos e toca-nos o coração.







8
jun
2009
Mais que uma voz


Eu sou muito chorona e se alguma música,  poesia, mensagem,  me toca,  eu abro a boca. Essa música de Kléber Lucas, toca-nos profundamente, fala do maravilhoso e grandioso amor de Deus por nós. Esse amor que foi capaz de enviar seu único filho para se entregar por nós.E é esse poderoso sacrifício de Jesus que nos dá acesso ao Pai.  Olhem  que letra tremenda:

Mais Que Uma Voz

Kleber Lucas

Composição: Marcelo Manhaes

Eu queria ter mais que uma voz

Mais que um amor e uma vida pra te oferecer

Pois tu és muito mais que eu possa ter em meu ser

Tu és o autor, aquele que

Pintou com perfeição a vida

Tu és o Senhor, aquele que

Me amou e és o

Meu Deus, meu Senhor

Minha vida é pra teu louvor

Meu Deus, meu Senhor

Minha vida é pra teu louvor







7
jun
2009
Junho de Poesias


.
Boas e bobas são as coisas que penso,
quando penso em você.
.
Caio Fernando Abreu

.
Imaginem rios que se querem
e se esperem presos pelo cheiro
se arrastem tortos pelo mundo
afagando o leito em desespero…
.
Imaginem rios que se gostem
e se encostem longos de desejos
e se encontrem prontos de ternura
se misturem cada vez mais beijo
e se deixem em êxtase de espuma
troquem águas, algas, mágoas, peixes…
.
Altair de Oliveira
in “O Embenedário Diverso”


Chegaste em minha vida
como uma janela aberta
numa casa vazia e triste.
Trouxeste um dia de sol
um aceno de folhagem
um canto de pássaro.
Que importa se continuo a ser
a mesma casa triste e vazia?
Debruçado à janela, agora,
posso te ver passar… todo dia…
.
J. G. de Araújo Jorge







4
jun
2009
Recordar é viver


Essa linda melodia foi tema de novela, Pai Herói  da Rede Globo no ano de 1979, escrita pela saudosa  Janete Clair.  Achei essa música muito bonita, a letra então nem se fala. Não é saudosismo, recordar é viver. Adoro música que falam e tocam. Essa é assim, observem, ouçam e se encantem. Esse Blog compartilha coisas boas, então vamos lá:

PIGEON WITHOUT A DOVE
Um pombo sem sua pombinha

IF SOMEONE THAT SAYS GOODBYE
E se alguém que diz adeus
IS SOMEONE THAT YOU LOVE
É alguém que você ama
THAT’S LEAVING NOT TO COME BACK
E que está partindo para nunca mais
IN YOUR ARMS NEVERMORE?
Voltar aos seus braços ?
WHAT WOULD YOU DO MY FRIEND?
O que você faria meu amigo?
HOW COULD YOU MEND YOUR BROKEN HEART?
Como você conseguiria remendar o seu coração partido?
HOW WOULD YOU LEARN TO LIVE ALONE?
Como você aprenderia viver sozinho?
HOW COULD YOU LEARN TO LIVE APART?
Como você aprenderia viver separado -sem ela-?
TELL ME, TELL ME! (IF YOU KNOW)
Conte-me, responda-me!(se você souber)

HOW CAN I LET HER KNOW
Como eu posso fazer ela saber
THAT I’VE GOT NOTHING WITHOUT HER LOVE?
Que eu não tenho nada sem o amor dela?
THAT I HAVE NO PLACE TO GO?
Que não tenho nenhum lugar para ir?
THAT I’M THAT PIGEON WITHOUT A DOVE?
Que eu sou aquele pombo sem sua pombinha?
I AM THE SIMPHONY WITHOUT MAIN MELODY?
Que eu sou a sinfonia sem  melodia principal?
THAT I AM ALONE AND LOST
Que eu estou só e perdido
DROWNING IN THE HANGING DEEP SEA?
Afogando-me num mar profundo?







3
jun
2009
Amigos são pra toda a vida


Os amigos não precisam estar ao lado para justificar a lealdade. Mandar relatórios do que estão fazendo para mostrar preocupação.
Os amigos são para toda a vida, ainda que não estejam conosco a vida inteira. Temos o costume de confundir amizade com onipresença e exigimos que as pessoas estejam sempre por perto, de plantão. Amizade não é dependência, submissão. Não se têm amigos para concordar na íntegra, mas para revisar os rascunhos e duvidar da letra. É independência, é respeito, é pedir uma opinião que não seja igual, uma experiência diferente.
Se o amigo desaparece por semanas, imediatamente se conclui que ele ficou chateado por alguma coisa. Diante de ausências mais longas e severas, cobramos telefonemas e visitas. E já se está falando mal dele por falta de notícias. Logo dele que nunca fez nada de errado!
O que é mais importante: a proximidade física ou afetiva? A proximidade física nem sempre é afetiva. Amigo pode ser um álibi ou cúmplice ou um bajulador ou um oportunista, ambicionando interesses que não o da simples troca e convívio.
Amigo mesmo demora a ser descoberto. É a permanência de seus conselhos e apoio que dirão de sua perenidade.
Amigo mesmo modifica a nossa história, chega a nos combater pela verdade e discernimento, supera condicionamentos e conluios. São capazes de brigar com a gente pelo nosso bem-estar.
Assim como há os amigos imaginários da infância, há os amigos invisíveis na maturidade. Aqueles que não estão perto podem estar dentro. Tenho amigos que nunca mais vi, que nunca mais recebi novidades e os valorizo com o frescor de um encontro recente. Não vou mentir a eles ¿vamos nos ligar?¿ num esbarrão de rua. Muito menos dar desculpas esfarrapadas ao distanciamento.
Eles me ajudaram e não necessitam atualizar o cadastro para que sejam lembrados. Ou passar em casa todo o final de semana e me convidar para ser padrinho de casamento, dos filhos, dos netos, dos bisnetos. Caso encontrá-los, haverá a empatia da primeira vez, a empatia da última vez, a empatia incessante de identificação. Amigos me salvaram da fossa, amigos me salvaram das drogas, amigos me salvaram da inveja, amigos me salvaram da precipitação, amigos me salvaram das brigas, amigos me salvaram de mim.
Os amigos são próprios de fases: da rua, do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da faculdade, do futebol, da poesia, do emprego, da dança, dos cursos de inglês, da capoeira, da academia, do blog. Significativos em cada etapa de formação. Não estão em nossa frente diariamente, mas estão em nossa personalidade, determinando, de modo imperceptível, as nossas atitudes.

Fabricio Carpinejar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...