12
jul
2009
Domingo é Dia de Poesia!


Podia te falar de quando te vi pela primeira vez,
sem jeito… de repente te vi assim,
como se não fosse ver nunca mais.
E seria bom se eu não tivesse visto nunca mais,
porque de repente vi outra vez, e outra…
e enquanto eu te via,
nascia um jardim em minhas faces…
.
Caio F. Abreu

.


Derramei três lágrimas:
a primeira escorreu pela face e perdeu-se na boca;
a segunda morreu achatada contra o assoalho;
a terceira caiu na tua mão.
.
E foi a que mais doeu.
.
Caio Fernando Abreu

E decidiu: vou viajar.

Porque não morri, porque é verão, porque é tarde demais
e eu quero ver, rever, transver, milver tudo que não vi
e ainda mais do que já vi,
como um danado, quero ver feito Pessoa,
que também morreu sem encontrar.
Maldito e solitário, decidiu ousado: vou viajar.
.
Caio Fernando Abreu

.

Te desejo uma fé enorme em qualquer coisa,
não importa o que,
como aquela fé que a gente teve um dia,
me deseja também uma coisa bem bonita,
uma coisa qualquer maravilhosa,
que me faça acreditar em tudo de novo,
que faça a cada um de nós acreditar em tudo outra vez.
.
Caio Fernando Abreu






12
jul
2009
Viver em Unidade, eis o segredo da felicidade


z1p9wo0p1

Temos vivido dias de comunhão, unidade e harmonia com nossos familiares, a cada dia é uma novidade gostosa. Sempre que minha irmã e sobrinhos vêm ao Brasil, procuramos visitar os parentes,rever amigos e, é uma festança!!! Sempre uma grande confraternização.
Nossa avó completa 95 anos, e como fazemos todos os anos nos reunimos para glorificar ao Senhor por ela, e sua vida tão frutífera e abençoada. Sempre procurando unir e ajudar filhos, netos e bisnetos. A Palavra de Deus diz que o justo ainda na velhice darão frutos. É isso que,  temos visto na vida de nossa avó e tios mais velhos. Eles ainda florescem e dão frutos e abençoam nossas vidas.
Nossa família é enorme, nem sempre dá para reunirmos todos, mas tentamos, convidamos, planejamos e procuramos agradecer à Deus por mais um ano da vovó e da Selma, minha irmã que completa no mesmo dia.
Esse ano vamos fazer diferente, vamos buscar, resgatar, trazer para nosso convívio, uma tia que se afastou. Se entristeceu e se afastou do convívio familiar. Vamos tentar buscá-la para estar no aniversário da vovó, que já está bem idosa e esse é o desejo de minha avó: se confraternizar e se encontrar com essa filha, desfazer as tristezas e mágoas que, tanto mal faz. Nossa família está imbuída nessa missão, trazer até dia 14/7, dia do aniversário, nossa tia que se afastou. Deus se agrada de atitudes assim,creio que Ele está aprovando essa confraternização pois, netos,filhos,bisnetos,tios e todos comprometidos com essa união,com essa restauração. Acho maravilhoso esse convívio,pois num mundo tão caótico, nós estamos preocupados com a Unidade e comunhão de nossos entes queridos. Creio que vai ser um culto muito abençoado, pois Deus com certeza já marcou esse dia. Temos parentes de Belo Horizonte, que já estão no Rio e já nos encontramos para concretização desse sonho. Em breve conto para vocês como foi o desfecho de tudo. Beijos e torçam para que consigamos trazer nossa tia que também já está com bastante idade, uns 76 anos e mora longe de nós.

“Oh! quão bom e quão suave é viverem unidos os irmãos.” Salmos 133:1

” Na velhice darão fruto, serão cheios de seiva e de verdor, para anunciar que o Senhor é reto.Ele é a minha Rocha, e nele não há injustiça. ” Salmos 92 v 14  e 15.







12
jul
2009
Sábado de Poesias com Fernando Pessoa


.

Não tenho ambições nem desejos
Ser poeta não é uma ambição minha
É a minha maneira de estar sozinho.
.
Alberto Caeiro
Obra Poética – Editora Nova Aguilar, p. 203
.

TUDO QUE FAÇO ou medito
Fica sempre na metade.
Querendo, quero o infinito.
Fazendo, nada é verdade.
.
Que nojo de mim me fica
Ao olhar para o que faço!
Minha alma é lúcida e rica,
E eu sou um mar de sargaço –
.
Um mar onde bóiam lentos
Fragmentos de um mar de além…
Vontades ou pensamentos?
Não o sei e sei-o bem.

.

Fernando Pessoa, Cancioneiro. Poesia Completa, Editora Nova Aguilar, p. 172

** Esses maravilhosos poemas,retirei em visita ao Blog: Na dança das Palavras da amiga Leonor Cordeiro, um manacial de coisas boas.Visitem e comprovem.






9
jul
2009
Quais são as manias mais comuns?


Mania de Limpeza (ABLUTOMANIA)

Sintomas:  O medo de contágio faz a pessoa lavar as mãos excessivamente, tomar banhos por horas, usar talheres descartáveis e não tocar em maçanetas.

Mania de Precisão e organização (ACRIBOMANIA)

Sintomas:   Mania de arrumação de objetos até uma suposta ordem. Se o sujeito toca algo ou alguém sem querer, sente-se obrigado a tocar com o outro braço.

Mania de roer as unhas (ONICOFAGIA)

Sintomas:   Em momentos de nervosismo e tédio, o sujeito rói, morde, mastiga e engole as unhas, e acaba ferindo a pele em volta.

Mania de acumular tralhar (COLECIONISMO)

Sintomas:   O sujeito guarda sem  organização coisas sem valor, como caixas e jornais. Muitas vezes,   é caso de saúde pública.

Mania de doença: (HIPOCONDRIA)

Sintomas:   Qualquer alteração é vista como sinal de doença. Os hipocondríacos vão a vários médicos atrás da confirmação de um diagnóstico imaginário.

Mania de poder ou superioridade ( MEGALOMANIA)  

Sintomas: Costuma ser associada à fase de euforia do transtorno bipolar.

O megalomaníaco tende a atribuir a si mesmo grandes feitos.

**Confira essa reportagem completa na Revista Super Interessante  Julho/2009/







9
jul
2009
Show de grandes escritores


amanhã vou estar mais suave
e quarta vai ser o meu dia
o fim-de-semana promete
domingo vai ter que dar sol
segunda vou acontecer
não posso perder o teu show
pro mês vou te visitar
é agora que eu saio de vez
que bom que eu vou te encontrar
amanhã vou estar mais feliz

Martha Medeiros in “Strip-Tease, 1985”

Um no Outro

“Fechei os olhos para não te ver
e a minha boca para não dizer…
E dos meus olhos fechados desceram
lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada
nasceram sussurros
e palavras mudas que te dediquei…
O amor é quando a gente mora um no outro.”

(Mario Quintana)

Está faltanto
só um pedacinho de noite
pra me fazer chorar.
Quando ela entrar
com seu passo manso
e mudo,
libero a lágrima,
reconsidero tudo:
vou te buscar.
.
Flora Figueiredo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...