7
dez
2012
A arquitetura é o meu jeito de expressar meus ideais


“Não me sinto importante. A arquitetura é o meu jeito de expressar meus ideais: ser simples, criar um mundo igualitário para todos, olhar as pessoas com otimismo. Eu não quero nada além da felicidade geral.”
(Oscar Niemeyer)

.


” O mais importante não é a arquitetura, mas a vida,
os amigos e este mundo injusto que devemos modificar ”
Oscar Niemeyer







20
jul
2009
Show Poético de Rubem Alves


Rubem Alves

Rubem Alves

Os poetas sabem que a alma não deseja ir para a frente. A alma é movida pela saudade. A saudade não deseja ir para a frente. Ela deseja voltar.
Andar para a frente pode ser um equívoco.

Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA
– O Deus Menino”

.
>A aparência é de um homem solidamente plantado neste mundo. Mas não é verdade. Seu coração e sua cabeça movem-se de acordo com uma lógica estranha de um outro mundo que só ele vê.

Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA
– Em defesa da Vida”

.

>Riobaldo de novo: “Toda saudade é uma espécie de velhice.” Velhice não se mede pelos números do chronos; ela se mede por saudade.
Saudade é o corpo brigando com o chronos. De novo o mesmo poema de Ricardo Reis: ele fala do deus atroz que os próprios filhos devora sempre”. Chronos é o deus terrível que vai comendo a gente e as coisas que a gente ama. A saudade cresce no corpo no lugar onde chronos mordeu. É um testemunho da nossa condição de mutilados – um tipo de prótese que dói.
Kairós mede a vida pelas pulsações do amor. O amor não suporta perder o que se amou.

Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA
– Um caso de amor com a vida”

.

Lembrei-me das palavras tristes do Vinicius no seu poema O haver, em que fala da “sua inÚtil poesia”. Sinto assim de vez em quando, que aquilo que escrevo é inútil. Os que têm poder nem lêem, e se lêem não levam a sério.

Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA
– Em Defesa das Árvores”







15
jul
2009
Coisas da Ciência Maluca


Essa notícia eu adorei, pois gosto de dormir até tarde. Acordar cedo comigo não rola, me sinto mole, fora de órbita.


Deus ajuda quem dorme tarde

Winston Churchill e Charles Darwin não estavam errados: dormir tarde faz bem. Neurocientista da Universidade de Liége, na Bélgica, descobriram que quem dorme( e acorda ) tarde, tendência que é determinada geneticamente, fica mais alerta e tem reflexos mais rápidos que os madrugadores.

Gatorade funciona melhor se você não engolir

Num estudo inglês, bochechos com isotônico elevaram em até 3% a velocidade de ciclistas profissionais- ganho maior que o obtido quando eles ingeriram a bebida. É que o bochecho engana o cérebro ( ele pensa que está se alimentando e dá mais  ânimo ao atleta). Mas, como o líquido não é engolido, o sistema digestivo não chega a ser acionado- e sobra mais energia para o exercício.

* Essa interessante matéria se encontra na revista Super Interessante de julho/09







12
jul
2009
Sábado de Poesias com Fernando Pessoa


.

Não tenho ambições nem desejos
Ser poeta não é uma ambição minha
É a minha maneira de estar sozinho.
.
Alberto Caeiro
Obra Poética – Editora Nova Aguilar, p. 203
.

TUDO QUE FAÇO ou medito
Fica sempre na metade.
Querendo, quero o infinito.
Fazendo, nada é verdade.
.
Que nojo de mim me fica
Ao olhar para o que faço!
Minha alma é lúcida e rica,
E eu sou um mar de sargaço –
.
Um mar onde bóiam lentos
Fragmentos de um mar de além…
Vontades ou pensamentos?
Não o sei e sei-o bem.

.

Fernando Pessoa, Cancioneiro. Poesia Completa, Editora Nova Aguilar, p. 172

** Esses maravilhosos poemas,retirei em visita ao Blog: Na dança das Palavras da amiga Leonor Cordeiro, um manacial de coisas boas.Visitem e comprovem.






25
jun
2009
Duas lindas músicas, dois belíssimos duetos


Há alguns meses atrás recebi a indicação da coletânea “Duetos Globalizados”, de cantores brasileiros com outros nomes internacionais, que ainda não conhecia. Ouvi as músicas e apreciei quase todas.

Gosto de música romântica, tenho uma queda pela música italiana e também a sertaneja. Sendo assim, separei dois clipes e respectivas letras: uma de Zezé Di Camargo e Luciano e Willie Nelson – Always on my mind ou “Eu só penso em você”; e a outra com Andrea Bocelli e Sandy, Vivo por ella. Assim como gostei espero que vocês  gostem também.

Always on my mind – Willie Nelson & Zezé Di Camargo e Luciano

Maybe I didn’t love you

Quite as often as I could have

Maybe I didn’t treat you

Quite as good as I should have

If I made you feel second best

Girl, I’m sorry I was blind

You are always on my mind

You are always on my mind

Sei que eu estive ausente

Quando precisou de mim

Eu fui tão inconseqüente

Insensível te perdi assim

Hoje estou consciente que errei

De todo mal que te causei

Vim aqui pra te dizer

Eu só penso em você

Tell me

Tell me that your sweet love hasn’t die

Dá pra mim

Uma chance de poder te compensar

E te amar

Vivo por Ella – Andrea Bocelli & Sandy

Vivo por ella sin saber

Si la encontré o me he encontrado.

Ya no recuerdo como fue,

Pero al final me ha conquistado.

Vivo por ella que me da

Toda mi fuerza de verdad.

Vivo por ella y no me pesa.

Vivo por ela eu também

E não há razão pra ter ciúmes.

Ela é tudo e mais além

Como o mais doce dos perfumes.

Ela vai onde quer que eu vá.

Não deixa a solidão chegar.

Mais que por mim

Por ela eu vivo também.

Es la musa que te invita

A sonhar com coisas lindas.

En mi piano a veces triste

La muerte no existe

Si ella está aquí.

Vivo por ela que me dá

Todo amor que é necessário.

Forte e grande como o mar.

Frágil e menor do que um aquário.

Vivo por ella que me da

Fuerza, valor y realidad

Para sentirme un poco vivo…

Como dói quando me falta

(vivo por ella en un hotel).

Como sai quando me assalta

(vivo por ella en propria piel).

Si ella canta, en mi garganta

Mis penas más negras espanta.

Vivo por ella y nadie más

Puede vivir dentro de mi.

Ella me da la vida, la vida…

Sí está junto a mí…

Si está junto a mí…

Desde un palco o contra un muro

(vivo por ela e ela me tem).

En el trance más oscuro

(vivo por ela e ela me tem).

Cada día una conquista.

La protagonista

Es ella también.

Vivo por ella porque va

Dándome siempre la salida,

Porque la música es así,

Fiel y sincera de por vida.

Vivo por ela que me dá

As noites livres para amar.

Se eu tivesse outra vida, seria

Dela também…

Ella se llama música.

E ela me tem.

Vivo por ella, créeme.

Por ela também.

(io vivo per lei)

Yo vivo…

E viverei…

** Esse maravilhoso post  foi-me concedido com muita alegria pelo Blog que é um show em cultura e informação:  Recebi, Li e Gostei

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...