24
mar
2009
Um pouco de Clarice Lispector


 

* Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.

* Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.

* Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os    olhos.

*  Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.

*  Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.

*  Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.

*  Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.

 

*  Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.

 

*  Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para

   magoar outros.

 

*  Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.

*  Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.

*  Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.

 

*  Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!

 

*  Já escondi um amor  com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo

 

Fonte das frases de Clarice : Frases de Clarice Lispector







15
mar
2009
1º Aninho do Compartilhando as Letras


 

Foi exatamente no dia 15 de fevereiro  de 2008, que, pela primeira vez entrou on line o Compartilhando as Letras. Gente, eu sou tão desligada, que hoje, que vi que o Compartilhando, havia feito aniversário. Hihihihihihihihi, eu como sou a Maria Miqueira, estou somente há  1 mes atrasada, só 1 mes, huahuahuahuahua!! Eu jurava que era hoje, mas como preparei o post, vou publicá-lo assim mesmo.  Comecei medrosa, tímida, morrendo de medo de dar furo e  escrever besterol, mas, como eu aprendi com vocês!! Cresci bastante, aprendi a ouvir, analisar, compartilhar, divulgar amigos, pesquisar mais, responder com afinco as questões, visitá-los e me encantar com tanta coisa boa, que só vocês produzem. Eu era meia bobona, sabe?? Tinha medo de comentar bobeiras, tinha medo de não gostarem , tinha medo de ficar prá trás. Mas , conforme o tempo vai passando, você vai aprendendo que, o que importa, não é o ranking lá em cima, ou o seu Blog em evidência, o que importa são vocês, amigos do coração. Vocês que vem aqui todos os dias e me deixam uma palavra de incentivo, uma palavrinha de ânimo e coragem. Vocês são meu alvo maior! Vocês honraram minhas postagens , lendo, comentando, dando sugestões,  se fazendo presente aqui diariamente. OBRIGADA!!!  Cada vez que coloco um post, conto com o carinho de vocês , para virem aqui de bom grado, ler , apreciar e comentar.  Nesse primeiro aniversário, quero dedicar à vocês, amigos queridos, amigos de todos os dias, esse Post, e gostaria que, ao comentarem deixassem de presente alguma poesia que você gosta, ou que gostaria de ver divulgada  aqui nesse Espaço. Publicamos vários autores famosos, divulgamos a sua poesia, o seu poema também, pois acho que as coisas boas precisam ser  divulgadas e conhecidas por outros. Temos muita gente capacitada, que escreve coisas lindas, que tocam lá dentro de nossos corações. Obrigada a você que me cedeu, seu Post, confiou e deixou que publicássemos aqui. Não vou citar nomes, pois poderia esquecer algum, mas à todos que me ajudaram,  se fizeram presentes, comentando ou não.OBRIGADA!!!  A primeira edição do Compartilhando as Letras , foi assim como aparece, todo rosinha, todo Barbie, todo dengoso.

 

****Gente!!!   A Mirna fez essa poesia pra mim,adorei!!! OBRIGADA!!!!

 

 

 







14
mar
2009
Aprendendo com Clarice Lispector


“Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil”.

 

Hoje estou muito delicada,

me interessam principalmente

flores e passarinhos.

.

Clarice Lispector

 

 

A violeta é introvertida e sua introspecção é profunda.

Dizem que se esconde por modéstia. Não é.

Esconde-se para poder captar o próprio segredo.

Seu quase-não-perfume é glória abafada

mas exige da gente que o busque.

Não grita nunca seu perfume.

Violeta diz levezas que não se podem dizer.

.

Clarice Lispector

 







8
mar
2009
Dia Internacional da Mulher


As mulheres merecem todo nosso respeito e homenagem, afinal de contas elas batalham em  favor de toda a família. Mulher mãe, se preocupa com os filhos, sofre e perde muitas oportunidades para não deixar os filhos sós, enquanto ainda são pequenos. Perde noites de sono, para às vezes de trabalhar para dar atenção aos filhos. Deixa de estudar, se preocupa quando o filho está doente, vive em prol do lar.  Mulher esposa, trabalha fora e dentro de casa, se vira em mil para dar conta de N  situações no dia a dia, se desgasta para manter a casa sempre em ordem.  Mulher é para vocês essa homenagem, pensando em nós, coloco essa linda mensagem, espero que fale ao coração de vocês. Beijão e parabéns!!!!

Mulher

Semente…

SER-mente…

SER que faz gente,

SER que faz a gente.

MULHER

SER  guerreiro, guerrilheiro, lutador…

Multimídia, multitarefa, multifaceta, multiacaso…

  Multicoração…

       MULHER

SER que dá conta,

que vai além da conta,

que multiplica,

divide, soma e subtrai, sem perder a conta,

sem se dar conta, de que esse século foi seu parto,

na direção de seu espaço,

de seu lugar de direito e de fato,

de seu mundo que lhe foi usurpado e que agora é por

ela ocupado.

     MULHER…

Esse SER florado,

Esse SER adorado,

Esse SER adornado,

que nos põe em um tornado, nos deixa saciados e

transtornado,

que nos faz explodir e sentir extasiado,

SER admirado…

   MULHER…

Nesse início de milênio, faça a transição.

Tire de seu coração a semente que vai mudar toda a

gente

Levando o mundo a ser mais gente…

mais equilibrado e perfumado…

PARABÉNS MULHER!!!!!

Não pelo oito de março,

nem pelo beijo e pelo abraço,

nem pelo cheiro e pelo amasso.

Mas por ser o que és…

Húmus da humanidade,

Raiz da sensibilidade,

Tronco da multiplicidade,

Folhas da serenidade,

Flores da fertilidade,

Frutos da eternidade…

Essência da natureza humana,

Parabéns!!!

*** desconheço a autoria







3
mar
2009
Fragmentos Poéticos


 


“… cada um de nós vê o mundo com os olhos que tem, e os olhos veem o que querem, os olhos fazem a diversidade do mundo e fabricam as maravilhas, ainda que sejam de pedra, e altas proas, ainda que sejam de ilusão”
.

(José Saramago em Jangada de pedra)

 

 

 

 

 

Se estes fossem meus últimos versos
Talvez falasse de
Meus desejos,
Falaria de segredos do por do sol.
Dos amigos que amo
E de inimigos que sem querer
Cruzaram meu caminho.
Falaria dos medos,
Das fraquezas
Das saudades que nunca revelei.
Se estes fossem meus últimos versos
Confessaria o meu amor
E morreria feliz!
.
Pablo Neruda

.
A palavra nasce-me
fere-me
mata-me
coisa-me
ressuscita-me


Murilo Mendes, Poesia Completa e Prosa. Editora Nova Aguilar, p. 738

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...