28
mar
2013
O que é Páscoa?


Eu amooo chocolates, gosto de todas as marcas e tenho um carinho especial pelo Alpino, mas, sabemos que Páscoa, não é ovinhos e nem coelhos. Vamos conhecer o quê é a Páscoa ?

 photo 446652687_313f784715_o.jpg

.

Origem do nome

Os eventos da Páscoa teriam ocorrido primeiramente durante o Pessach (Passagem em Hebraico), data em que os judeus comemoram o êxodo, libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito, liderados por Moisés, para a Terra Prometida.

A palavra Páscoa advém exatamente do termo Pessach, em hebraico, da festa judaica. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques. O sentido de “passagem” vem do julgamento de Deus sobre Faraó e os egípcios, que oprimiam e escravizavam o povo judeu, até que Deus anuncia a Moisés que libertará o seu povo da escravidão.

Segundo a Bíblia (Livro do Êxodo), Deus mandou 10 pragas sobre o Egito. Na última delas (Êxodo capítulo 12), disse o Senhor a Moisés que todos os primogênitos egípcios seriam exterminados (com a passagem do anjo da morte por sobre suas casas), mas os primogênitos de Israel seriam poupados. Para isso, o povo de Israel deveria sacrificar um cordeiro, passar o sangue do cordeiro imolado sobre as portas de suas casas, e o anjo passaria por elas sem ferir seus primogênitos. Todos os demais primogênitos do Egito foram mortos, do filho do Faraó aos filhos dos prisioneiros. Isso causou intenso clamor e tristeza entre o povo egípcio, que culminou com a decisão do Faraó de libertar o povo de Israel, dando início ao Êxodo de Israel para a Terra Prometida.

A Bíblia judaica e cristã institui a celebração do Pessach em Êxodo 12.14:

“Conservareis a memória daquele dia, celebrando-o como uma festa em honra ao Senhor: Fareis isto de geração em geração, pois é uma instituição perpétua”.


Páscoa Cristã

A Páscoa cristã celebra a morte sacrificial e a ressurreição de Jesus Cristo. Nos Evangelhos, Jesus é anunciado como o “cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, deste modo, toda a simbologia da Páscoa judaica aponta para Jesus que, através de sua morte e seu sangue, liberta o homem do poder da morte e do pecado.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pessach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica – se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia mais acurada, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe (do grego antigo ἑκατόμβη, composto de ἑκατόν “cem” e βοῦς “boi” – sacrifício coletivo de muitas vítimas) dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

Depois de morrer na cruz, o corpo de Jesus foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante para os cristãos.

Concluindo:
A Páscoa, em suas raízes mais antigas, é uma festa genuinamente bíblica, que aponta figuradamente para o sacrifício de Jesus por toda a humanidade. Esta é a oportunidade que, como cristãos, discípulos de Jesus, temos de anunciar não somente o sentido cultural da festa mas, principalmente, que ela tem a ver com o amor de Deus por toda humanidade. Isto inclui todos nós. Deus entregou seu único filho, como sacrifício pelos nossos pecados e Nele, somente Nele, temos Vida Eterna, ou seja, “passamos” da morte para a vida. O evangelho de João, no capítulo 3, resume esta mensagem da seguinte forma:

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que entregou (à morte) o seu único Filho para que todo aquele que nele crer não morra, mas tenha a Vida Eterna.”

Fonte: Genizah

.







10
fev
2013
Alguns lugares perigosos do Planeta Terra


1 – Lago Nyos, Camarões
.

Photobucket

Fonte: http://hypescience.com

Um assassino silencioso se esconde sob a superfície desse lago do Oeste Africano. A bolsa de magma nas suas profundezas vaza dióxido de carbono para a superfície do lago. Sob a pressão de 200 metros de água, o dióxido de carbono se dissolve (como a carbonatação em uma garrafa de refrigerante).

Só que nem sempre. Na noite de 21 de agosto de 1986, a água no lago de repente revolveu, e o dióxido de carbono se despressurizou e explodiu como um refrigerante chacoalhado. A nuvem de dióxido de carbono resultante se espalhou, asfixiando 1.700 pessoas e milhares de animais. Nos 24 quilômetros de vale abaixo do lago, quase nada sobreviveu.

Hoje, tubos são usados para “retirar” o dióxido de carbono da água do fundo do lago Nyos. Os tubos evitam o acúmulo do gás, mas isso não torna o local totalmente seguro. O lago ainda é muito perigoso.
.

2 – Nápoles, Itália
Photobucket

Em 79 d.C., o Monte Vesúvio explodiu, enterrando as antigas cidades de Pompéia e Herculano. Mais de 50 erupções subsequentes que deixaram para trás cinzas e grandes cavidades, entretanto, não dissuadiram as pessoas de povoar as encostas à beira-mar da cidade.

Nápoles fica na base do vulcão, e até 650.000 pessoas vivem nas suas encostas. Uma erupção iminente poderia forçar a evacuação de mais de um milhão de pessoas. Além disso, Vesúvio não é o único vulcão ativo ameaçando esta área densamente povoada. O Mar Mediterrâneo ao largo da costa da Itália é repleto de vulcões. O mais preocupante fica na ilha turística Ischia. Uma erupção não só afetaria Nápoles como poderia ser pior do que uma erupção hipotética do Vesúvio.


3 – Miami, Flórida

.

Photobucket

Ninguém pode prever onde um furacão vai surgir, mas o sul da Flórida é sempre uma aposta razoável. O Serviço Geológico dos EUA estima que a ponta sul da Flórida pode esperar mais de 60 furacões ao longo de um período de 100 anos. Em 2008, Miami foi classificada como a cidade mais arriscada para catástrofes naturais do país.

A história já é repleta deles. Em 1926, o Grande Furacão de Miami destruiu ou danificou cada edifício no centro de Miami e matou pelo menos 373 pessoas. Menos de 10 anos mais tarde, o furacão do Dia do Trabalho de 1935 matou 408 pessoas na Flórida. Em 1960, o furacão Donna rugiu através do sul da Flórida, trazendo consigo tempestades de 3 a 5 metros.

Talvez o furacão mais famoso seja o que atingiu o sul da Flórida em 1992. O furacão Andrew explodiu como uma tempestade de categoria 4 com ventos tão altos que quebraram instrumentos de medição. Andrew matou 23 pessoas nos Estados Unidos, e custou mais de 41,57 bilhões de reais.

4- Java e Sumatra, Indonésia
.

Photobucket

Essas duas ilhas da Indonésia enfrentam mais riscos de desastres naturais do que qualquer outro lugar. Secas, inundações, terremotos, deslizamentos de terra, vulcões, maremotos: todos ameaçam a Indonésia, onde Java e Sumatra têm o maior risco.

O desastre mais famoso é o tsunami no Oceano Índico de 2004, que matou um número estimado de 227.898 pessoas após um terremoto de 9,1 graus na escala Richter provocar a enorme onda. A Indonésia foi o mais atingido entre os países do sudeste asiático afetados, com mais de 130.000 pessoas mortas.

Desastres menores causam sofrimento mais regular. Entre 1907 e 2004 (antes do tsunami), secas mataram 9.329 indonésios, vulcões mataram 17.945 pessoas e terremotos mataram 21.856. Uma das erupções mais famosas da história, do vulcão Krakatoa, ocorreu no Estreito de Sunda entre as duas ilhas. Recentemente, em fevereiro deste ano, enchentes empurraram milhares de moradores a oeste de Java, e um deslizamento de terra na vila de Tenjolaya matou dezenas de pessoas.







1
fev
2013
16 razões para fazer sexo diariamente


Você já deve ter escutado mais de uma vez essa famosa recomendação para o bem-estar físico e mental: fazer sexo. Aparentemente, o sexo pode ser a resposta para a longevidade, felicidade e um corpo saudável. Confira uma lista com os benefícios de saúde do sexo:

Photobucket

16. Desestressa

Sexo ajuda a reduzir o estresse. Quando exercícios de respiração profunda não funcionarem mais, parta para o sexo. Durante o sexo, seu corpo produz dopamina, uma substância que combate os hormônios do estresse, e endorfinas, ambos “hormônios da felicidade”, além de oxitocina, chamado de “hormônio do amor”, um hormônio secretado pela glândula pituitária que aumenta o desejo.
Em um estudo publicado na Public Library of Science, três pesquisadores de neurociência realizaram um teste em ratos machos e verificaram que os sexualmente ativos eram menos ansiosos do que os animais que não acasalavam.

15. É uma ótima forma de exercício

Fazer amor é uma forma de atividade física. Durante a relação sexual, as mudanças fisiológicas em seu corpo são as mesmas de um treino físico. Você já deve ter notado que sua respiração fica ofegante, o que significa que você se cansa. Por isso, você queima calorias. Se você faz sexo três vezes por semana durante 15 minutos, queima cerca de 7.500 calorias em um ano. Isso é o equivalente a correr 120 quilômetros! Respiração pesada aumenta a quantidade de oxigênio em suas células, e a testosterona produzida durante o sexo mantém seus ossos e músculos fortes.

14. Reduz pressão arterial alta

Tanto abraços quanto sexo podem melhorar sua pressão arterial. Sexo comprovadamente reduz a pressão sanguínea diastólica, conforme descobriram pesquisadores da Universidade de Paisley.

13. Melhora a imunidade

Lutando contra resfriados? Sexo é o remédio. Segundo estudos, ele pode aumentar a sua imunidade. Imunoglobulina A, um antígeno que combate a gripe, por exemplo, aumenta quando a frequência de sexo também aumenta.

12. Faz você parecer mais jovem

Fazer sexo três vezes por semana pode fazer você parecer 10 anos mais jovem. “É bom para as pessoas fazer sexo”, diz David Weeks, neuropsicólogo clínico no Hospital Royal Edinburgh, cujo estudo sobre os efeitos do sexo sobre o envelhecimento aparece em seu livro, “Secrets of the Superyoung” (em português, “Segredos dos Superjovens).

11. Deixa seu coração saudável

Sexo ajuda a queimar calorias, e também pode melhorar sua saúde cardíaca. Cientistas do Instituto de Pesquisa de New England examinaram o efeito do sexo sobre o coração. O estudo concluiu que os homens são 45% menos propensos a sofrer doenças cardiovasculares quando fazem sexo regularmente. O efeito sobre o coração de uma mulher não é conhecido.

10. Alivia a dor

O prazer é a medida para vencer a dor. Você experimenta enxaquecas e dores no corpo? Sexo pode ser a resposta. O Dr. George E. Erlich, um especialista em artrite da Filadélfia (EUA), realizou um estudo sobre a ligação entre artrite e sexo. Os pacientes da pesquisa que se envolveram em sexo relataram sentir menos dor.

9. Constrói confiança e intimidade

O ato de fazer sexo libera o hormônio oxitocina, o hormônio responsável pela sua felicidade e amor. Por conta disso, pesquisadores especulam que sexo pode aproximar os casais. É bem documentado que o hormônio oxitocina aumenta a confiança e os laços íntimos.

8. Diminui suas chances de câncer

Ejaculação regular reduz as chances dos homens de desenvolver câncer de próstata. Em um estudo, homens australianos que ejacularam 21 vezes por mês foram menos propensos a desenvolver o câncer. Outras pesquisas também indicam que a relação sexual reduz o risco de câncer de próstata.

7. Fortalece os músculos pélvicos

Sexo envolve o uso de vários músculos. Por isso, relações sexuais regulares podem ajudar a desenvolver músculos pélvicos mais fortes. Também ajuda a fortalecer quadris, costas, etc. Através do sexo regular, você ainda pode manter uma bexiga forte e boa função intestinal.

6. Protege a próstata

A maior parte do fluido da ejaculação é secretada pela próstata. Sem ejaculação, o fluido permanece na glândula, que tende a inchar, causando muitos problemas. Ejaculação normal “lava” esses fluidos e garante o bem estar da próstata até a velhice. Problemas também podem ocorrer quando os homens mudam de repente a frequência de ejaculações.

5. Induz o sono

Sexo funciona da mesma maneira como o exercício: você dorme melhor quando pratica. O aumento da frequência cardíaca leva ao aumento de relaxamento pós-coito. Sexo pode ser um remédio para insônia. Além disso, quando os homens ejaculam, se tornam letárgicos, e isso pode torná-los sonolentos.

4. Regula o ciclo menstrual

Aparentemente, o sexo pode melhorar o ciclo menstrual feminino. Sexo regula hormônios, que por sua vez regulam o ciclo menstrual. Sexo também reduz o estresse, que é uma das razões para as mulheres desregularem sua menstruação.

3. Previne a disfunção erétil

50% dos homens com mais de 40 anos sofrem de disfunção erétil – e todos os homens jovens temem esse momento. O melhor remédio contra a impotência é… Sexo. Ereções mantêm o sangue fluindo através das artérias do pênis, de modo que o tecido permanece saudável. Além disso, os médicos comparam uma ereção a um reflexo atlético: quanto mais você treina, melhor é sua performance.

2. Alonga a vida

Coração saudável, músculos mais fortes, aumento da circulação de oxigênio e aumento da felicidade são alguns dos fatores que contribuem para o aumento da expectativa de vida como resultado de sexo regular. Um estudo publicado no British Medical Journal revela que os homens que fazem sexo com frequência vivem duas vezes mais do que os que raramente entram em ação.

1. Deixa o sêmen saudável

Se o casal está tentando engravidar, fazer sexo com frequência ajuda não só aumentando as probabilidades, mas melhorando a qualidade e o volume de sêmen. O sexo regular substitui espermatozoides velhos dos testículos. Se eles se acumulam, pode haver danos ao DNA.

Fonte: HypeScience







17
jan
2013
A beleza do Arco-íris


Photobucket
.

É o arco-íris que todos estão familiarizados. O arco-íris primário é um arco multicolorido simples que geralmente aparece após uma chuva. Eles são formados quando a luz refratada é refletida através de uma gota de água. A intensidade das cores depende do tamanho das gotas de água.

E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens. Gênesis 9:14

Photobucket
.

Se você vir um arco-íris primário, é possível que você veja um secundário. Eles são conhecidos com arco-íris duplos.

Um arco-íris secundário se forma quando a luz nas gotas de água é refletida duas vezes em vez de apenas uma. Ele geralmente tem o dobro do tamanho do arco-íris primário, mas tem apenas um décimo de sua intensidade. Além disso, as cores nele estão no sentido inverso.

E estará o arco nas nuvens, e eu o verei, para me lembrar da aliança eterna entre Deus e toda a alma vivente de toda a carne, que está sobre a terra. Gênesis 9:16

.

Photobucket
.

Tecnicamente não é um arco-íris, mas está associado com o arco-íris primário e secundário. A faixa escura de Alexander é a área entre os arco-íris primário e secundário, e é notavelmente mais escura que o resto do céu.

A luz refletida no arco-íris primário clareia o céu dentro do arco, e a luz duplamente refletida do arco-íris secundário clareia o céu fora dele. Para nossos olhos, parece que o céu está mais escuro entre os dois arco-íris.

Será estabelecido para sempre como a lua e como uma testemunha fiel no céu. (Selá.) Salmos 89:37

Fonte: HypeScience







13
dez
2012
Nunca estamos satisfeitos


Satisfeitos? É exatamente o que não somos. Nunca estamos satisfeitos…

Tiramos férias da vida…

Satisfazemo-nos com sol, diversão e boa comida.

Mas antes mesmo de voltarmos para casa, receamos o fim

da viagem e começamos a planejar outra.

Não estamos satisfeitos.

Quando somos crianças, dizemos:

” Se apenas eu fosse um adolescente.”


Na adolescência falamos:

” Se apenas eu fosse adulto.” Ao nos tornarmos adultos, ” Se apenas eu fosse casado.” Quando nos casamos, ” Se apenas eu tivesse filhos.”

Não estamos satisfeitos. Contentamento é uma virtude difícil de ser conquistada. Por quê? Porque não há nada na terra capaz de satisfazer nossos anseios mais profundos. Ansiamos ver a Deus. As folhas da vida estão sussurrando que isso acontecerá- e não ficaremos satisfeitos até que aconteça.

Do livro: Quando Deus Sussurra seu Nome

Max Lucado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...