27
jun
2009
Grávida de Fantasia


Conheci  essa menina  ainda pequena e a reencontrei há uns 15 dias atrás. Grávida de cinco meses, assustada, querendo tirar a criança a todo o custo.  Conversamos por um bom tempo, a fiz tomar consciência da realidade de que, cinco meses e  um aborto com essa idade de gestação, seria um suicídio. Ela estava decidida em interromper a gestação por N motivos. Falta de condições financeiras, namorado inconsequente, falta de segurança em ter uma criança sem a mínima condição. Depois que conversamos ela se sentiu mais calma .Me propus acompanhar, ajudar, dar suporte.

Fiquei pensando na situação daquela moça: trabalha para comer praticamente, se relaciona com um homem que, não tem a mínima condição de assumir uma responsabilidade dessas.

Por que se  deixam  engravidar? Por que não se protegem, para poderem se arrumar financeiramente?? Esse é o problema de milhões de meninas e adolescentes de nosso país. Crianças que nascem e ficam jogadas, pois as mães precisam trabalhar para se sustentar. Essa semana a encontrei de novo, a barriga bem definida, mais tranquila, ela me comunicou que vai ter a criança. Que os familiares irão ajudar. Graças à Deus!   Fiquei muito preocupada,  senti bem de perto a luta e o problema dela.Tenho pena de nossos jovens. Poucos que,  tem uma orientação,estudam,fazem concursos, se preparam, tentam sempre o melhor para si, os pais estão sempre orientando e acompanhando. Essas meninas se iludem muito, qualquer palavra bonita elas se enchem de ilusão e não se protegem. Pensando nisso, escolhi essa linda poesia que, retrata um pouco essa ilusão de felicidade. Leiam e se encantem também:

.

Homens não sabem

que não é só de filho

que mulher engravida

Fazem a gente sonhar

(re)planejar uma vida

recalcular todos os planos

(não incluir os danos)

Dizem que amam

(nem sempre sentem)

Dias desses largam

a gente por coisa qualquer

Não sabe o homem

que deixou grávida

uma mulher

de fantasia

.

Cáh Morandi







26
jun
2009
A embalagem muda o gosto da bebida?


Entenda como cada embalagem pode alterar o sabor das bebidas:

PET

Há componentes “fujões”, que escapolem da embalagem para o líquido. Quais seriam eles? Os polímeros, micropartículas do plástico que se desprendem da garrafa e se misturam com o líquido.Daí o sabor “contaminado” de sua coca 2 litros.

LATINHA

Feita de alumínio, tem a vantagem de gelar mais rápido. Esse tiro pode sair pela culatra. Quando a temperatura se eleva, as substâncias voláteis  na bebida se agitam mais.

Saldo: o gás carbônico responsável pelo “tschiiii” da latinha    -escapa mais rapidamente.

VIDRO

Há motivos para a preferência: é material  impermeável e de grande inércia química, ou seja, demora anos para interagir quimicamente no conteúdo. Por ter um índice de porosidade inferior ao do alumínio  e da Pet, é bem mais eficiente na hora de reter o CO2.

MÁQUINA

Tem vezes que desce bem, tem vezes que desce mal. Isso  ocorre porque o refrigerante de máquina tem gás carbônico e xarope vindos de fábrica, mas a água fundamental no sabor da bebida , é filtrada no próprrio estabelecimento. Se o encanamento não estiver 100%…

* Quer ler essa reportagem na íntegra??  Super Interessante Junho/2009.







25
jun
2009
Duas lindas músicas, dois belíssimos duetos


Há alguns meses atrás recebi a indicação da coletânea “Duetos Globalizados”, de cantores brasileiros com outros nomes internacionais, que ainda não conhecia. Ouvi as músicas e apreciei quase todas.

Gosto de música romântica, tenho uma queda pela música italiana e também a sertaneja. Sendo assim, separei dois clipes e respectivas letras: uma de Zezé Di Camargo e Luciano e Willie Nelson – Always on my mind ou “Eu só penso em você”; e a outra com Andrea Bocelli e Sandy, Vivo por ella. Assim como gostei espero que vocês  gostem também.

Always on my mind – Willie Nelson & Zezé Di Camargo e Luciano

Maybe I didn’t love you

Quite as often as I could have

Maybe I didn’t treat you

Quite as good as I should have

If I made you feel second best

Girl, I’m sorry I was blind

You are always on my mind

You are always on my mind

Sei que eu estive ausente

Quando precisou de mim

Eu fui tão inconseqüente

Insensível te perdi assim

Hoje estou consciente que errei

De todo mal que te causei

Vim aqui pra te dizer

Eu só penso em você

Tell me

Tell me that your sweet love hasn’t die

Dá pra mim

Uma chance de poder te compensar

E te amar

Vivo por Ella – Andrea Bocelli & Sandy

Vivo por ella sin saber

Si la encontré o me he encontrado.

Ya no recuerdo como fue,

Pero al final me ha conquistado.

Vivo por ella que me da

Toda mi fuerza de verdad.

Vivo por ella y no me pesa.

Vivo por ela eu também

E não há razão pra ter ciúmes.

Ela é tudo e mais além

Como o mais doce dos perfumes.

Ela vai onde quer que eu vá.

Não deixa a solidão chegar.

Mais que por mim

Por ela eu vivo também.

Es la musa que te invita

A sonhar com coisas lindas.

En mi piano a veces triste

La muerte no existe

Si ella está aquí.

Vivo por ela que me dá

Todo amor que é necessário.

Forte e grande como o mar.

Frágil e menor do que um aquário.

Vivo por ella que me da

Fuerza, valor y realidad

Para sentirme un poco vivo…

Como dói quando me falta

(vivo por ella en un hotel).

Como sai quando me assalta

(vivo por ella en propria piel).

Si ella canta, en mi garganta

Mis penas más negras espanta.

Vivo por ella y nadie más

Puede vivir dentro de mi.

Ella me da la vida, la vida…

Sí está junto a mí…

Si está junto a mí…

Desde un palco o contra un muro

(vivo por ela e ela me tem).

En el trance más oscuro

(vivo por ela e ela me tem).

Cada día una conquista.

La protagonista

Es ella también.

Vivo por ella porque va

Dándome siempre la salida,

Porque la música es así,

Fiel y sincera de por vida.

Vivo por ela que me dá

As noites livres para amar.

Se eu tivesse outra vida, seria

Dela também…

Ella se llama música.

E ela me tem.

Vivo por ella, créeme.

Por ela também.

(io vivo per lei)

Yo vivo…

E viverei…

** Esse maravilhoso post  foi-me concedido com muita alegria pelo Blog que é um show em cultura e informação:  Recebi, Li e Gostei







23
jun
2009
Para ler por prazer


As férias estão chegando , aproveite para repor as energias. Eu particularmente de férias, gosto de viajar, em casa nós trabalhamos dobrado. Vamos arrumando uma gaveta daqui, pondo em ordem o guarda roupas de lá, e quando damos por nós, já é agosto, só ralamos. Vamos aproveitar para por a leitura em dia, gosto de ler na varanda, com um solzinho batendo em mim. Gosto de ler no sofá, de pernas pro ar.Nós precisamos desse relaxamento, dessa vida mansa.Afinal, somos filhos de Deus, corremos pralá e pra cá. Precisamos desse refrigério. Vocês não acham?? Aí vai uma lista de bons livros para você  se deliciar.

Outra Mulher

Depois de ler Pagu: Tabu e Totem, poema de Augusto de Campos, Tereza Freire resolveu descobrir quem foi Patrícia Rehder Galvão, a Pagu.O livro é resultado de seu mestrado e reúne cartas trocadas entre Pagu e seus amigos familiares. Esse livro mostra o lado ousado da esposa de Oswald de Andrade.

* A autora é historiadora e roteirista.

Dos Escombros de Pagu: Um Recorte Biográfico de Patricia Galvão- Tereza Freire,  Ed. Senac SP

Mundo Louco e encantado

Nessa obra divertida, a autora vira do avesso a psique de vários personagens das histórias infantis, dentre eles Lobo Mau e Leitão, até encontrar transtornos de comportamentos e conseguir interpretar os contos de fadas sob uma ótica hilariante.

* Quem diria que alguém receitaria  antidepressivo ao dengoso ursinho Pooh?

O Lobo Mau no Divã, Laura James-  Ed. Best Seller

Quintana e outros temas

Esta obra apresenta na primeira parte 18 instantâneos sobre assuntos variados, como o vapor que quase tirou o Titanic de sua rota rumo ao iceberg e os beijos mais quentes do cinema.

Na segunda, relatos sobre a amizade entre o autor e Mário Quintana e as cartas que eles trocaram.

O autor ganhou o Prêmio Nacional de Letras em 1999.

O Pão e a Esfinge, Seguido de Quintana e Eu, Sérgio Faraco- Ed. L&PM







23
jun
2009
Chegou a hora de aproveitar as férias


O professor que consegue levar esses dias a sério se desobriga de horários e evita outros compromissos, saboreando o repouso físico e mental ao frequentar museus, parques e livrarias ou viajar com a família. Há aqueles que descansam enquanto dão conta de coisas práticas, como pintar a casa, cuidar do jardim, fazer exames médicos de rotina ou renovar o repertório para o próximo semestre. Mas, existem educadoras que são mães e, nas férias em casa, acabam sendo até mais solicitadas e, como os que precisam se dedicar a outro trabalho para completar um orçamento curto, talvez voltem às aulas sem ter repousado, aumentando seu desgaste.

Pensando nessas várias situações, me aventuro a sugerir uma lista mínima para as férias, com o objetivo de que seja uma prioridade nesse período especial.

* Quem todos os dias sai às pressas para a primeira aula tem direito a cafés-da-manhã preguiçosos. Com ou sem jornal, mas com música suave.

* Quem o ano todo Lê textos de aluno e de Educação merece ler, por prazer, um livro de outro assunto que não de trabalho. E escolher outros para ler depois

* Quem sempre dirige o espetáculo, aula após aula, deve assistir “de camarote” a uma boa peça, a um bom filme ou a seu esporte predileto.

* Quem tem estado em pé horas a fio- e vai repetir a dose- merece uma boa avaliação física. É bom agendá-la logo.

*** Todo educador merece férias de corpo e alma.

Dicas de Luis Carlos de Menezes

Físico e educador da Universidade de São Paulo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...