10
set
2012
Férias é tudo de bom!!!


Gramado-RGS

Nesta quarta- feira, estarei voando rumo a Salvador, passear é muito bom, renova a nossa alma. Sair do cotidiano, andar sem horários previstos,descontraídamente, realmente não tem preço. Tentarei mostrar pra vocês, o que é que a Bahia tem. Me aguardem!!! Logo,após retornarmos de Salvador, voaremos para o Rio Grande do Sul, mais precisamente Gramado. Eita coisa boa!!! Tentarei ir colocando as imagens de Salvador e Gramado para vocês terem uma idéia de como é lindo esse nosso Brasil e como é gratificante conhecê-lo mais um pouco.



Salvador







6
set
2012
Civilizações destruídas por mudanças climáticas


Pouco resta da cidade de Micenas hoje, mas ela foi o centro da primeira grande civilização grega, entre os anos 1600 e 1100 a.C. Depois deste período, muitas cidades foram abandonadas, o comércio parou e o sistema de escrita desapareceu.

Outras civilizações próximas, incluindo os Hititas e o Novo Reino do Egito, também declinaram na mesma época, um fenômeno conhecido como o colapso do final da Era do Bronze.

Estudos de indicadores climáticos, como estalagtites e sedimentos marinhos, sugerem que o Mediterrâneo esfriou na época, resultando em menos chuvas nos quatro séculos seguintes.

Alguns pesquisadores acreditam que a queda na produção de alimentos levou a um declínio da população e das civilizações da região.
.

Império Romano do Ocidente

Os romanos construíram muitos aquedutos, como este no sul da França, próximo à Nîmes. Quando em seus dias de glória, o Império Romano controlou quase toda a Europa, oeste da Ásia e norte da África. Mas em torno do ano 400, ele foi dividido entre o império romano ocidental, com capital em Roma, e o império romano oriental, com capital em Constantinopla, atual Istambul, na Turquia.

Roma foi saqueada pelos Visigodos em 410, a primeira vez que a cidade foi invadida em 800 anos. No fim do século, o império ocidental havia entrado em colapso. Guerras civis e a corrupção institucional contribuíram para seu declínio.

A ideia de que o clima teve um papel importante na queda de Roma é antiga, e novas evidências surgiram em 2011. Registros de temperatura e pluviosidade na Europa ocidental revelaram que entre os anos 250 e 550 o clima mudou entre seco e frio para quente e úmido de uma década para outra.

Mudanças assim imprevisíveis foram devastadoras para os fazendeiros, e a falta de alimentos resultante pode ter contribuído para a queda do Império.
.

Chichen Itza

Esta estátua representa o deus Chac-Mool, na cidade maia de Chichen Itza, atual México. Chichen Itza floresceu até o século 13, e ainda haviam maias vivendo ali quando os espanhóis chegaram no século 16.

Entretanto, o apogeu da civilização foi entre os anos 200 e 800, quando a construção de grandes monumentos atingiu seu auge. Depois do ano 900, muitas cidades foram abandonadas.

Os registros climáticos mostram que o declínio coincidiu com um século de poucas chuvas, o que teria afetado severamente a produção de alimentos.

Fonte: Hypescience







20
ago
2012
“O que diz a Bíblia a respeito de tatuagens e piercings?”


A lei do Velho Testamento ordenou aos israelitas

: “Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor” (Levítico 19:28).

Portanto, apesar de não estarem os crentes sob a lei do Velho Testamento nos dias de hoje (Romanos 10:4; Gálatas 3:23-25; Efésios 2:15), o fato de ter havido um uma ordem contra tatuagens deveria nos fazer pensar sobre a questão. O Novo Testamento não faz menção sobre os crentes fazerem ou não tatuagem.

Em relação às tatuagens e piercings, um bom teste é determinar se podemos ou não, com honestidade e sã consciência, pedir a Deus que abençoe e use esta atividade particular para Seus bons propósitos.

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (I Coríntios 10:31)


. A Bíblia não se coloca condenando tatuagens ou piercings, mas também não nos dá razão alguma para crermos que Deus nos deixaria fazê-los.

Outra questão a considerar é o recato. A Bíblia nos instrui ao recato no vestir (I Timóteo 2:9). Um aspecto do vestir recatadamente é nos certificarmos de que cada parte que precisa ser coberta com roupas está adequadamente vestida. Entretanto, o significado essencial do recato é não chamar atenção para si mesmo. As pessoas que se vestem com recato o fazem de maneira tal que jamais chamam atenção para si mesmas. Tatuagens e piercings, com certeza, são chamativos. Neste sentido, as tatuagens e piercings não são recatados.

Um princípio importante das escrituras a respeito de casos sobre os quais a Bíblia não lida especificamente é que, se há dúvidas se isto agrada ou não a Deus, então é melhor não fazê-lo. “Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado” (Romanos 14:23). Precisamos ter em mente que nossos corpos, assim como nossas almas, foram redimidos e pertencem a Deus. Apesar de não se aplicar diretamente a tatuagens e piercings, I Coríntios 6:19-20 nos dá um princípio: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.” Esta grande verdade deve sempre pesar no que fazemos e até onde podemos ir em relação a nossos corpos. Se nossos corpos pertencem a Deus, deveremos sempre nos certificar de que temos Sua clara “permissão” antes de neles deixarmos “marcas” com tatuagens e piercings.

Fonte: A Bíblia tem as respostas







19
ago
2012
Vaso sanitário de Bill Gates cozinha dejetos, gera energia, é barato… e não roda Windows


Você sabia que cerca de 2,6 bilhões de pessoas no mundo não tem um vaso sanitário em casa? Só no Brasil, são aproximadamente 13 milhões de pessoas nessa condição. Para tentar reverter este quadro e criar saídas baratas e eficientes de banheiros para a população mais pobre ao redor do globo, o fundador da Microsoft, Bill Gates, iniciou uma busca por um vaso sanitário mais desenvolvido.

O projeto “Reinvenção da Privada” (Reinvent the Toilet) começou no ano passado, quando a Fundação Bill e Melinda Gates anunciou que forneceria oito bolsas de R$800 mil para pesquisadores que desenvolvessem novas tecnologias para o processamento de dejetos humanos sem qualquer ligação com linhas de água, energia ou esgoto. Afinal, em muitos países remotos e regiões carentes em que as pessoas não têm redes de esgoto, o acesso à água e energia também é dificultado.

O vídeo da Fundação, apresentado na época, mostrou que o problema pode até não ser muito glamouroso, mas é realmente sério:
.


.

Na última terça-feira , aconteceu a “Feira da Reinvenção da Privada” (Reinvent the Toilet Fair), em Seattle, nos Estados Unidos. O evento reuniu pesquisadores e investidores de 29 países, e foram concedidos prêmios às melhores inovações na área.

O primeiro lugar foi para o Instituto de Tecnologia da Califórnia (EUA), que desenvolveu um vaso sanitário movido à energia solar, capaz de gerar hidrogênio e eletricidade com o cozimento dos dejetos. Só faltava rodar Windows! Eles receberam cerca de R$200 mil como um impulso para novas pesquisas. Ao todo, foram distribuídos quase R$7 milhões em pesquisas no evento.

A segunda colocação ficou com a Universidade de Loughborough, da Grã-Bretanha, que apresentou uma privada capaz de converter os efluentes descartados com as fezes em água limpa, carvão biológico e minerais. A Universidade de Toronto, do Canadá, ficou com o bronze. Eles apresentaram um sanitário que desinfeta os dejetos e recupera os minerais.

O encontro não é o fim do desafio: a Fundação premiou as equipes, mas os grupos de pesquisas ganhadores irão iniciar uma nova rodada de desenvolvimento de tecnologias sanitárias.

Fonte: Hype Science







27
jul
2009
Games online da BBCHistory: Batalha de Waterloo


Mais um game que pode ser utilizado para aprender história. O game The Battle of Waterloo foi desenvolvido pela BBCHistory.

Nele, você pode escolher entre jogar na pele de Napoleão, general francês; ou na pele de Duque de Wellington, general das forças aliadas da Inglaterra.


O objetivo é utilizar da estratégia para ordenar tropas da infantaria, cavalaria e artilharia, assim como usar os obstáculos corretamente para vencer a batalha! A estratégia vai sendo montada a partir de uma série de decisões que o jogador faz, no decorrer do embate.

Mudando o rumo da história

Um aspecto que eu acho bem legal é o fato de que, neste game, você pode mudar o rumo da história, afinal, Napoleão foi derrotado na Batalha de Waterloo. Em seguida, sofreu exílio na Ilha de Santa Helena, onde veio a morrer. Ora, o game permite criar novas estratégias para corrigir os erros que Napoleão cometeu.

O game é em inglês, e exige um certo domínio da língua para jogar, até porque existem muitas opções a ser tomadas para vencer a batalha. Para jogar, clique na imagem abaixo.

Para jogar,clique na imagem

***Essa é mais uma super produção do meu amigo Profº Michel, um cara comprometido com o ensino de maneira lúdica e prática.  Visitem e mudem o seu conceito de Educação, simplesmente maravilhoso!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...