7
jan
2014
As mentiras que os homens contam
Categorias: Livros


Gente, Luis Fernando Veríssimo em seu livro As Mentiras que os Homens Contam, têm umas tiradas muito engraçadas. Sabemos que ele é um observador do cotidiano brasileiro e, escreve com muito humor, reunindo um repertório divertido e gostoso de ler. Veja essa:

 photo METRO.jpg

O que dizer

Dez coisas para dizer quando um visitante mal informado perguntar que buraco enorme é esse no chão. ( Jamais diga a verdade, que é para um metrô, que só ficará pronto, quando o Cristo Redentor perder a paciência,botar as mãos na cintura e ameaçar com intervenção. Ele não vai acreditar.)

1- Foi um meteorito
2- Há insistentes rumores de guerra com a Argentina e o governo está construindo abrigos antiaéreos para a população.
3-Que buraco?
4- Todas as ruas estão sendo rebaixadas para aumentar a altura dos prédios, que assim pagarão mais impostos.
5- Está bem, está bem,mas e o problema dos negros nos Estados Unidos?

6- Estão procurando restos de uma antiga civilização que viveu aqui, os Cariocas, gente de ótima disposição, que desapareceu certo dia, durante um engarrafamento(…)
7- Como vamos todos entrar pelo cano, estão instalando um bem grande.
8- Você quer brigar?
9- São as obras do novo aeroporto,e não faça mais perguntas.
10- É para o metrô que só ficará pronto quando o…eu sabia que você não ia acreditar. [HAHA]

Livro







11
dez
2013
Todo dia é um dia especial
Categorias: Livros, Reflexão


Estava lendo o livro Todo dia um dia especia de Max Lucado e, tirei alguns ensinamentos, para minha vida que gostaria de compartilhar aqui com todos vocês. Todo dia, pode ser especial, vamos ver como??

.

 photo livro.jpg

.

Todos os dias têm potencial para serem fantásticos. Você já parou para pensar nas oportunidades que surgem todas as manhãs.

Um novo dia, pode ser transformado em um tempo de reflexão.

O ontem, não existe mais para você. Ele desapareceu enquanto você dormia. Já era.

A areia da ampulheta não cai para cima.O ponteiro dos segundos do relógio, se recusa a andar para trás. O ontem, não existe mais para você.

O amanhã ainda não existe. A não ser que você acelere a órbita da terra ou convença o sol a nascer duas vezes, antes de se pôr. Você não pode viver o amanhã,hoje.

Você não pode gastar o dinheiro de amanhã, celebrar as conquistas de amanhã,nem resolver os problemas de amanhã. Você só tem o HOJE. Este é o dia que Deus age.

Viva o dia de HOJE. Você tem que estar presente para ganhar. Não sobrecarregue o hoje, com arrependimentos de ontem, nem o estrague com os problemas de amanhã.

* Citações do livro Todo dia é um dia especial de Max Lucado.







12
jul
2013
Poetando num final de semana


Gosto de ver a disposição e o gosto para trabalhar de alguns idosos. Podem ver, sempre têm um senhor(a) idoso(a), trabalhando, procurando alguma atividade para se sentir útil e vivo(a). Aqui na minha rua têm um que: varre a rua, cata as folhas, está sempre retirando aqueles pequenos matinhos que obstruem o caminho das águas. Meu sogro têm 84 anos e, ama trabalhar com as crianças da Igreja dele. Promove gincanas, concursos bíblicos, EBF (Escola Bíblica de Férias), a alegria dele é estar rodeado de crianças. Podem observar nos mercados, como têm gente de idade trabalhando. Olhem nas obras, como têm senhores idosos labutando. As senhoras, cozinham, fazem algum conserto em roupas, vendem bijouterias,Avon, vendem roupas,Natura,etc…

E os novos? E os jovens?? Muitos trabalham,fazem Faculdade e são responsáveis, mas a maioria não está nem aí pra hora do Brasil!! Vejo na pracinha aqui perto de casa, sentam, levantam e vão sentar em outro canto. Resumindo: Não fazem nada, não querem nada!! Vivem às custas dos pais.Coisa feia isso!!Deveriam proporcionar aos pais, uma vida mais cômoda e tranquila,haja vista que os pais ralaram por ele(a) até agora. Fico pensando no futuro desse povo, a idade chega,e aí??

 photo estanteLivros1.jpg

.

Mas, deixemos pra lá essa parte socioeconômica e, vamos poetar?? Essas belezuras eu tirei lá do POETRIZ da Flávia .


Formalidades:

“Sou uma pessoa que acredita nas formalidades, na harmonia da ordem. Sempre que possível, devemos dar às coisas uma forma significativa. Por exemplo, será que eu poderia lhe contar essa minha história tão confusa em exatamente cem capítulos, nem um a mais, nem um a menos? Sabe que a única coisa que detesto no meu apelido é o jeito que esse número tem de se estender indefinidamente? Na vida, é importante concluir as coisas do modo certo. Só então a gente pode deixar aquilo para trás. Caso contrário, ficamos remoendo as palavras que podíamos ter dito, mas não dissemos, e o nosso coração fica carregado de remorso. Aquela despedida malfeita ainda me magoa até hoje.”

Yann Martel in “As Aventuras de Pi”

“Paus e pedras podem quebrar seus ossos mas, palavras nunca podem machucá-lo.” E como é tudo ao contrário. Paus e pedras PODEM quebrar seus ossos, mas são as palavras que podem quebrar seu coração.

Mia Sheridan in “Leo”

Talvez eu seja um livro aberto, ou talvez o amor seja como uma lupa, direto para as almas daqueles que possuem seu coração.

Mia Sheridan in “Leo”

O medo corta mais profundamente do que as espadas.

R.R.Martin in “Fúria de Reis”







16
maio
2013
Na companhia de um bom livro
Categorias: Literatura, Livros, Reflexão


.
” Talvez não haja na nossa infância dias que tenhamos vivido tão
plenamente como aqueles que pensamos ter deixado passar sem
vivê-los, aqueles que passamos na companhia de um livro preferido.”
.
Marcel Proust
.

 photo criancas-lendo-livro-6653.jpg


Ler significa reler e compreender, interpretar. Cada um lê com os olhos que tem. E interpreta a partir de onde os pés pisam. Todo ponto de vista é a vista de um ponto. Para entender como alguém lê, é necessário saber como são seus olhos e qual é sua visão de mundo. Isso faz da leitura sempre uma releitura.
.
Leonordo Boff







18
abr
2013
Depende do jeito que você vê a vida


 photo foto_saqua4.jpg

Caramba, você vem lá da Cochinchina, comprar livros aqui?

Nem sei se é assim mesmo que se escreve cochinchina,pois procurei nos dicionários e não encontrei essa palavra. Foi essa interrogação, que eu ouvi ao sair do meu bairro, para ir a uma Feira de Livros na Zona Sul.

 photo livros_voando.jpg

Pergunto para vocês:

Quem mora longe do centro da cidade e adjacências, não tem direito de crescer literalmente,culturalmente?

Achei, aquela observação grosseira e arrogante,afinal, a criatura, trabalha com livros: cultura e informação. Quando uma pessoa nos visita em nosso stander,está nos dando a honra,nos dando a preferência.Mesmo que você não se dê com a pessoa ou não goste dela, ela faz parte do público, precisa ser atendida bem. Por isso eu digo:
Depende do jeito que você vê as coisas. E eu assim mesmo, ainda comprei uns dois livros na época,se não estou enganada. Ah, se fosse no meu stander, eu ofereceria: cafézinho,água gelada e bolo. Depende da sua ótica. Eu não sou Sendas não, mas gosto de receber bem as pessoas. Existe até uma velha música do Roberto Carlos que fala assim:

Coisas da vida
Choque de opiniões
Coisas da vida
Coisas da vida

 photo thiagocruz_pocos-de-caldas01.jpg

Vantagens de se morar na Cochinchina:

* IPTU baixo, às vezes, até isento.
*Feiras,mercados, produtos mais em conta.
*Casa própria.
*Livre da muvuca dos grandes bairros.
*Perto do local de trabalho.
*Perto da igreja que frequenta.
*Perto dos familiares.
* Perto dos amigos e vizinhos, que nos viram crescer,há mais de 50 anos.
.
 photo foz-do-iguacu1.jpg
.

Desvantagens de se morar nos grandes bairros:

* Trabalhar demais, para se manter o padrão e o luxo do lugar. Tudo mais caro.*Vive-se uma vida só de trabalho, inclusive,sábado, domingo,feriado, dia santo, e lazer que é bom: nada!
*Apartamentos pequenos, tipo, caixas de fósforo, com condomínios caros, sem privacidade,um monte de vizinhos mala.
* poluição sonora de todo tipo,visual,tumulto do comércio, etc..)
* Viajar,nem pensar, está fora de cogitação, precisa-se estar nas feiras dos finais de semana.

Pensando bem, prefiro morar na Cochinchina, saio de lá várias vezes no ano para conhecer, diversos lugares do Brasil.

** Vivendo e aprendendo, minha amiga Sonia Salim,pesquisou e encontrou na Wikipédia a palavra Cochinchina, vejam que interessante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...