12
abr
2009
O melhor celular de todos os tempos


 

Desenvolvido por ex- engenheiros da Apple, o Palm Pre é o primeiro que realmente consegue copiar qualidade do iPhone- e ir além.

Tela_

É sensível ao toque e entende gestos, como a do iPhone. Mas tem algo a mais: a Touchstrip, uma barrinha que fica sob a tela e tem atalhos para as principais funções do aparelho. Basta deslizar o dedo para comandar o celular( sem engordurar a tela).

Busca Universal-

Precisa encontrar alguma coisa? Digite o nome dela e o sistema mostra todos os resultados- arquivos, contatos, sites e mapas. Como se fosse o programa Google Desktop ( só que no celular).

Carregador sem fio-

Para recarregar a bateria, é só encostá-lo na peça PALM:  a energia viaja pelo ar, graças a um fenômeno chamado indução elétrica

PALM  PRE

Rede: GPS, wi-fi, 3G

capacidade: 8GB

Capacidade: 3mp, com flash

Fonte: Super Interessante Abril/2009







9
abr
2009
Um livro eletrônico que fala


Amazon Kindle 2

Vou te contar uma história

O que é:  Um livro eletrônico que fala

Qual é o barato:  O novo leitor de e-books da Amazon é super fino (tem a espessura de um lápis), armazena 1500 livros e sua tela ganhou mais definição de imagem.

Mas o mais legal é o recurso text to speech : o aparelho lê em voz alta, ou seja, transforma  qualquer texto em audiolivro (para você ouvir na rua, por exemplo).  Pena que , por enquanto, ele não funcione no Brasil.

www.amazon.com

Fonte: Super Interessante março/2009







6
abr
2009
Muito mais que GPS


Programa: Google Earth Móvel.   

A maior vantagem do Google Earth sobre os mapas convencionais, que todo aparelho tem, é que ele

indentifica onde você está e mostra onde estão caixas eletrônicos, hotéis e restaurantes nas redondezas.

De quebra, ele mostra artigos da Wikipédia sobre lugares  por onde você está passando.

Aparelho: iPhone 3G  

   

SCHHHH

Programa: Locale

Você entra no cinema e o aparelho já sabe que tem que desligar a campainha. É isso aí, com esse software ,

dá para ensinar ao celular onde ficam as salas a que você costuma ir e programá-lo para ficar no modo de vibração só enquanto você estiver lá dentro.

Aparelho: Qualquer um que use o sistema Google Android.     

 

 

 Planetário de Bolso

Programa : GoSkyWatch 

Ele foi feito para quem há muito tempo quer  procurar galáxias muito, muito distantes, mas não tem dinheiro para comprar um telescópio com GPS ( o preço é astronômico). Ele marca o lugar onde você está, cruza isso com a data e  a hora e pronto: descobre quais estrelas estão sobre você e desenha as constelações na tela.

Aparelho : iPhone 3G  

Fonte:  Super Interessante fev/2009







3
abr
2009
O You Tube já era?


Imagine um You Tube com temporadas inteiras dos seriados que você mais gosta. Tudo com imagens tão boas quanto as de uma TV de LCD. E legalizado(  isso quer dizer que, ninguém vai tirar tudo do ar de uma hora para outra. Ele existe. É o HULU, a primeira iniciativa realmente forte de levar programação de TV para a rede. Tudo muito bonito, mas tem um porém: os vídeos rodam para quem acessa o site dentro dos EUA. Culpa da burocracia que envolve os direitos autorais em países diferentes. O pessoal do HULU, está trabalhando para que a página funcione no mundo inteiro.

Veja o que há de melhor entre os concorrentes do You Tube.

 

MIRO -  Não é um site, mas um programa (que vc baixa no site getmiro.com) Ele procura vídeos na rede, baixa e depois organiza tudo na sua máquina. Também  serve para acessar as redes de torrent( as melhores para  trocar arquivos grandes, como os de vídeo.) e, de quebra,  o Miro avisa quando os episódios mais recentes das séries que vc assiste, chegam à Internet.

 

O que tem de bom -  Além de funcionar  como umtudo em um”, permite que você selecione um monte de vídeos, baixe tudo, deite na sua cama e assista em seqüência.

 

E de ruim – Os menus são confusos. E tire as crianças da sala: ele não sabe filtrar pornografia.

 

MTV MUSIC-  É fato o You Tube matou os videoclipe , aquele negócio que passava na MTV na época da Era  Glacial. Mas o MTV Music promete ressuscitar a coisa. Ele tem milhares e milhares de clipes, como o You Tube , mas com uma diferença:

 

O que tem de bom -  É tudo em alta definição.

O site vale  por um caminhão de DVD! E o menu é tão fácil de navegar quanto a tela de um  iPod.

 

E de ruim – A videoteca funciona  100% para os americanos( pelo mesmo problema do HULU)  Quem acessa no Brasil,por enquanto , tem que garimpar pelo site para ver se encontra algo que rode aqui.

 

Não devemos trocar nosso You Tube certo, e que nos atende de imediato,  por esses novos e duvidosos sites, que, ainda não rodam direito aqui no Brasil, devido a burocracia dos direitos autorais.Tô com o You Tube e não abro!!!

 

Fonte:  Super Interessante   Março de 2009







24
jan
2009
Professores conectatos com seu tempo


A era da informação trouxe consigo um fluxo intenso de palavras, sons e imagens que transitam por uma rede global, expandindo e questionando os limites de espaço e tempo. Uma onda imensurável de informações percorre o globo terrestre em segundos, interage e torna cada vez mais complexa a compreensão do mundo que nos cerca. Conceitos antes absolutos estão expostos a um processo de descobertas em que todo conhecimento já nasce com prazo para expirar e é reinterpretado, reinventando ou descartado numa velocidade inédita.  Mas de que forma tudo isso afeta as relações entre aluno e professor nos dias de hoje?  Teria o professor que se tornar um especialista em novas tecnologias, uma espécie de cibermestre que domina as novas linguagens para estar atualizado?  Este é um tempo que anuncia desafios para a Educação. O professor hoje precisa estar consciente de seu papel que extrapola  o uso da tecnologia como simples ferramenta. A proposta é mais ousada: Ver o conhecimento como uma grande jornada, em que ele e aluno devem embarcar juntos.

Os jovens de hoje tem grande facilidade de lidar com a tecnologia, pois cresceram acompanhando seu desenvolvimento. O professor precisa estabelecer os diálogos possíveis e manter a curiosidade sempre aguçada . ” O que o professor precisa fazer não é se colocar no lugar do aluno, mas estabelecer sua própria relação, baseada em suas experiências. Ele precisa ter curiosidade e não ser refratário a essas novas tecnologias e linguagens, mas incorporá-las de forma crítica à sua prática pedagógica”, avalia a diretora de Mídia e Educação da Secretaria Municipal de Educação do RJ, Simone Monteiro.

Fonte: Nós da Escola Jan/2009.  Educação Multirio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...