18
out
2008
Centro Produtor de vacinas


 


Centro de excelência- O Bio-Manguinhos é o maior centro produtor de vacinas da América Latina. Pode processar 200 milhões de doses por ano e tem hoje um portifólio que atende a 48% da demanda de todos os imunobiológicos ligados no PNI (Programa Nacional de Imunizações). A Unidade , primeiramente incorporou a produção de vacina contra a febre amarela, fabricada pela fiocruz em 1937. Em seguida, iniciou a produção da vacina contra as meningites A e C, em 1977, que hoje é fabricada apenas em casos de surto. Em 1983, passou a fabricar vacinas contra sarampo e a pólio. Desde 1999, a unidade também produz vacina contra o Haemophilus influenzae, tipo b, responsável pela meningite e outras infecções.

Novos antígenos- Os produtores nacionais agora trabalham na produção de novas vacinas. O Bio-Manguinhos quer produzir uma vacina contra a varicela e uma outra, reunindo numa mesma dose antígenos contra difeteria, tétano, coqueluche e a hepatite B. Em setembro de 2007 o Institutoiniciou os testes clínicos para vacinas contra meningites b e C, desenvolvidas em parceria com a Fundação Adolpho Lutz e com o Instituto Butantâ e que serão produzidas no Rio de janeiro. As três instituições desenvolvem também vacinas contra a pneumonia e a esquistossomose.
**Saiba Mais:
Bio-Manguinhos

www.bio.fiocruz.br
Fonte: Nós da Escola- Prefeitura Educação.







18
out
2008
Ciência Maluca


A passagem de avião que dá choque        

Esse povo inventa, vocês sabiam que o governo dos EUA quer trocar os tíquetes aéreos por uma pulseira digital que todos os passageiros seriam obrigados a usar. Ela promete facilitar a identificação das pessoas e com isso reduzir as filas , mas seu principal recurso é outro: eletrecutar quem desobedecer os guardas do aeroporto. Cruzes!!!!!  Aqui no Brasil precisa de uma pulseira dessa, iria facilitar a vida dos policiais .

Cruzar os braços ajuda a pensar   

Você  está com a cabeça quente? Precisa resolver aquele problema difícil? Cruze os braços!!! Segundo uma pesquisa recém-publicada no EUROPEAN JOURNAL OF SOCIAL PSYCHOLOGY, o simples ato de cruzar os braços causa uma reação subconsciente no cérebro que aumenta em 30% a capacidade de concentração.  Têm gente que não gosta de fazer nada, vai adorar essa notícia, já vivem de braços cruzados 24 horas por dia o ano todo.

Mais peitos, mais tristeza   

Gente cada pesquisa de doido!!!  Uma pesquisa feita na Suécia ao longo de 20 anos mostrou que o índice de suicídio é quase 3 vezes maior entre as siliconizadas, que também correm mais risco de abusar de álcool e drogas- os problemas começam a aparecer , em média, 10 anos depois da colocação dos implantes de silicone. Caramba, que coisa impressionante!!!  Será que o silicone,causa no subconsciente alguma reação de angústia, dependência,depressão, falta de vontade de lutar,essas coisas que nos impulsionam a continuar vivendo e sonhando? Um caso para pensarmos.

***Consulta:  Revista Super  Interessante – setembro/2008   www.superinteressante.com.br







17
out
2008
Desenhos animados,como Rei Leão,educam?
Categorias: Educação, informação


 

Se estiver dentro de um contexto, sim!  A animação pode ser usada para abordar uma porção de valores, como certo e errado e bem e mal. Em O Rei Leão, especificamente, são usados temas como a amizade e o respeito à natureza. Creches e Pré -escola podem usar desenhos também com a intenção de proporcionar só divertimento. As crianças pedem para assistir à mesma trama inúmeras vezes porque a repetição dá a  sensação de segurança. Ver, imitar, descobrir e criar são características típicas das turmas de Educação Infantil.

* Consultoria: Maria Angela B. Carneiro, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.







15
out
2008
A Origem do Dia do Professor


Dia do Professor – A Origem   

No dia 15 de outubro de 1827 D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima – caso tivesse sido cumprida.

Mais como aqui é Brasil somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor, começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Grupo Evangelismo

**Recebi por email do Grupo Evangelismo-on line e repasso para vocês.







15
out
2008
O educador, o estímulo e o afeto


 



Estudiosos têm sido unânimes em afirmar que o afeto é fundamental para o êxito dos nosso projetos e planos.
O filósofo Hume dizia que precisamos de paixões para motivar nossas ações. Afeto e amor devem ser a válvula que nos move, que nos faz continuar, sem desistir ou desanimar. Devemos aceitar esse desafio. Segundo a bióloga e psicopedagoga Marta Relvas “ a afetividade acompanha o ser humano desde sua vida intra-uterina até a sua morte.”, manifestando-se “como uma fonte geradora de potência e energia. ( A afetividade) pode ser comparada ao alicerce sobre o qual se constrói o conhecimento racional e por isso deve ser ” prazerosa e ligada à ação afetiva.”

É o afeto , a paixão o que nos deve impulsionar à frente, levando-nos a pesquisar, a buscar novos caminhos para alcançar nossos alunos, respeitando as diferenças. Howard Gardner acredita na educação personalizada ( que não significa um professor para cada aluno ou uma aula para cada aluno). Personalizar a educação, segundo a Teoria das Inteligências Múltiplas, significa olhar a todos e a cada um ao mesmo tempo. A todo o tempo vou me preocupar tanto com os que avançam sozinhos como os que ficaram para trás. As pessoas são diferente, aprendem de formas diferentes e em tempos diferentes. Daí a importância de o professor diversificar suas aulas, criar estratégias para alcançar a todos, estimulando-os a aprender.
Trabalhando com as diferenças, elevamos a auto-estima de nossos alunos.
A cumplicidade está entre querer ensinar e se permitir aprender, segundo Gabriel Chalita. É importantíssimo estimular nossos alunos , conquistá-los para que se permitam aprender.

Referências bibliográficas:
CHALITA, Gabriel. Educação: a solução está no afeto.
1ª ed. 2001. São Paulo, Gente, 2004.

RELVAS, Marta Pires. Neurociências e transtornos de aprendizagem: as múltiplas eficiências para uma educação inclusiva. Rio de Janeiro, Wak, 2007.

***Eu como professora, quero homenagear a todos os meus amigos   professores desse nosso imenso Brasil.  Esse vídeo sempre me emociona, acho maravilhoso vermos nosso trabalho reconhecido.Espero que vocês curtam e se emocionem também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...