28
mar
2015
Estou ouvindo muito bem!!!
Categorias: amizade, humor, Vida


 photo download 9.jpg

Hoje eu já ri muito com minhas amigas da Escola,elas pensam que estou ficando surda!!! Estou ouvindo aqui da sala:

Verdureiro,verdureiro!! Água de coco!!!

Corri,abri o portão,pensando que era um verdureiro. O cara,estava vendendo vassoura ,e falava, VERDUREIRO!!! Tuninho,ouviu também!!! Não estou surdinha,não,viu meninas??? Ouço muito bem, a gritaria da Escola,aguçou meus tímpanos!!! [pais] [pais]

Amanhã se ele passar,vou pará-lo e perguntar-lhe:

 photo Tinido-ou-zumbido-nos-ouvidos-causas-e-tratamentos.jpg

Moço, o senhor, vende muitas vassouras???

Porque eu penso e ouço VERDUREIRO,para mim,o senhor vendia verduras!!!

Vou aguardar para ver o que ele me diz e, depois conto pra vocês. [dance] [dance] [roda] [roda]

MAS, SURDINHA,NÃO ESTOU NÃO,VIU DONA ZULAINE??? [arranca] [arranca] [oh] [be] [be]







27
mar
2015
Todo mundo anda de Havaianas!


 photo 5132396202.jpg
Fui fazer minhas unhas, claro, fui de havaianas,pois iria fazer as unhas dos  pés também. Não gosto de andar de chinelo na rua, procuro colocar uma rasteirinha,sandália,mas chinelo, não ando!!!
Acabei de fazer as unhas,vim toda sem jeito,pois a estrada é movimentada e ,muitas pessoas andam a pé,para buscar os filhos no Colégio,irem nos Mercados,etc… Comecei a observar os pés das pessoas, e , vi muita gente de havaianas, perdi a vergonha,criei coragem e, vim embora! A havaiana que eu estava hoje é um modelo lindíssimo,de oncinha, um charme só, igual a essa da primeira foto.

Concluí:

Todo mundo anda de havaianas é confortável,não cansa os pés ,além de ter cada modelinho supimpa.Eu tenho uma coleção delas!!

 photo 10407771_832317093509714_1842763999315431500_n.jpg
E as unhas ficaram lindas na Marcelle Arte nas Unhas, um espaço tranquilo, onde chegamos e ,ela já está nos aguardando,sem aquele tumulto de salão. Eu tenho que fazer as unhas toda semana,senão saio roendo tudo e elas viram cotoquinhos.







27
mar
2015
Como ser calmo,sereno e tranquilo?


 photo download 8.jpg

Temos gravados vários vídeos do sabiá chocando,até a hora em que nascem os filhotinhos. Mas, o que mais me chamou a atenção,foi que, aos poucos foram saindo do ninho. Assim como os filhos casam e vão saindo de casa,assim aconteceu com os sabiás. Mas, eu tenho um vizinho,que não pensa como eu, e , ao ver o último sabiazinho, que por infelicidade foi pousar na jabuticabeira dele, o infeliz,prendeu o bichinho numa gaiola. A mãe,ficou desesperada, piava,cantava,gritava, nós víamos que ela estava angustiada pela situação do pequenino.

Moro ,em frente a uma pracinha e, vejo à noite meninas e meninos sozinhos brincando, até altas horas. Olhando os desenhos de violência,nosso contexto de tamanha violência ,vídeos games,filmes, noticiários, me pergunto:

 

 

Como ser calmo,sereno e tranquilo,nesse contexto?

A televisão aberta,não tem nada que preste! A TV à cabo, existem programas excelentes,mas é preciso filtrar o conteúdo também!! Me preocupo com o caminhar das coisas. O mundo caminha para o caos,não é ser pessimista, é a realidade dos fatos.
Mas, vamos falar de música,poesia,coisa boas,porque tristezas ,já bastam as dívidas.

Descansarei

Cobre-me
Com Tuas mãos
Com poder
Vem me esconder, Senhor

Se o trovão e o mar se erguendo vêm
Sobre a tempestade eu voarei
Sobre as águas Tu também és Rei
Descansarei, pois sei que és Deus

Minha alma está
Segura em Ti
Sabes bem
Que em Cristo firme estou

Se o trovão e o mar se erguendo vêm
Sobre a tempestade eu voarei
Sobre as águas Tu também és Rei
Descansarei, pois sei que és Deus

* Fonte da letra: Vagalume







25
mar
2015
A descida mais rápida da história


 photo 5318607.jpg

Hoje eu estava querendo tirar fotos da flor do maracujá.Já notaram,como ela é bonita??Pois bem, subi num monte de banquinhos de plásticos empilhados e, fui lá no alto filmar o maracujá e suas flores. Vocês conhecem aquele besourão, que poliniza a flor do maracujá??? Ele faz um barulhão(zummmmm, zuuummm) e vem literalmente em cima da gente ,parecendo que vai nos picar,ferroar. Meu pai disse-me que lá na Paraíba o chamam de mangangava, que ele ferroa mesmo!! Estava eu bem prosa,tirando as fotos, quando de repente ouço uns três pertinho de mim,zummm,zummm, desci voada,cada um,maior que o outro, perdí a vontade de tirar as fotos. Aqui temos uns cinco pés de maracujá e,eles estão carregados de flores e frutos, estão num caramanchão que fizemos de arame, para eles se espalharem,fazem sombra e a passarada faz a festa.







24
mar
2015
A leveza da vida!
Categorias: Livros, Poesia, Vida


 photo download 7.jpg

A vida é curta demais para ficarmos zangados com as pessoas,então: Ame,perdoe,faça as pazes,viva e seja feliz!!!

Vocês sabiam que, muita coisa boa, acontece na nossa vida através do perdão?? A falta de perdão nos escraviza!

Pois é verdade, ficamos mais leves,tiramos aquele fardo dos nossos ombros,caminhamos para frente e, seguindo aquele lema antigo de um desenho:

Para o alto e avante!

Procurei retirar do Poetriz, um blog que admiro muito,alguns pensamentos e frases que traduzem a nossa natureza humana e nossas necessidades:

 photo images 3.jpg

Os vivos, graças aos céus, mantêm a capacidade de surpreender e de decepcionar.
John Green in “A Culpa é das Estrelas”

Ensinar a pensar é mais importante que pesquisar. É do desenvolvimento da capacidade de pensar que se forma um povo. Povo que não sabe pensar fica à mercê das mentiras.
Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA

não tente chegar na hora marcada
ele pode vir antes, ou chegar depois
o amor deixa sempre esperando
– Martha Medeiros in “Poesia Reunida”

Uma coisa aprendi quando criança e brincava com areia:
Não dá pra segurar a areia por muito tempo, ela escorre entre os vãos dos dedos mas ainda assim, ficam umas pedrinhas na mão.
Na época, eu achava que eram preciosas.
E hoje, tenho certeza disso.
Poetriz

– Por favor… cativa-me disse ela.
– Bem quisera, disse o principezinho, mas eu não tenho muito tempo. Tenho amigos a descobrir e muitas coisas a conhecer.
– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.
– Guimarães Rosa in “Grande Sertão: Veredas”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...